Alguns erros cometidos por lojistas online

Alguns erros cometidos pelos lojistas onlineTodo lojista, seja ele físico ou virtual enfrenta desafios. Se por um lado, quem vende pela Internet tem a facilidade do alcance nacional, por outro uma entrega atrasada pode prejudicar e muito o desempenho da empresa.

No comércio eletrônico alguns erros são infelizmente muito cometidos e repetidos. Pensando nisso nós elaboramos um post sobre os erros mais comuns cometidos pelos lojistas e que podem levar o seu e-commerce ao fracasso.

Sistema de busca que não funciona

O sistema de busca de seu e-commerce tem o mesmo papel do funcionário que vai atender o cliente em uma loja física. Infelizmente, em se tratando de e-commerce, o consumidor não tem paciência para buscar aquilo que ele quer. Ele digita o termo na busca do site e espera que a loja responda na velocidade da luz.

Cabe à busca da loja virtual ser inteligente o suficiente para interpretar o que ele quer e retornar o melhor resultado possível. Sendo assim, a busca do e-commerce precisa ser um tesão. Se o cara digitar iPhone não adianta mostrar capinha pra iPhone, bateria pra iPhone, fone de ouvido pra iPhone. Você deve direcionar o cliente rapidamente para a página do iPhone mais vendido na sua loja.

Além disso, use o recurso autocompletar nas suas buscas. Quando o cliente começar a digitar as primeiras letras de iPhone, mostre para ele as opções de busca no site embaixo da caixa de diálogo.

Uma busca que não funciona é como um funcionário do atendimento mal humorado que vai espantar todos os potenciais clientes que entram na sua loja.

Página de produto fraca

Quem deve cadastrar a página de produto de sua loja deve ser o pessoal de produto. As descrições que os fabricantes mandam para cada produto devem ser jogadas fora. Todo fabricante acredita que o seu produto é o melhor do mundo. Mas a realidade é bem diferente.

Incremente a sua página de produto usando descrições realistas e deixe bem claro para quem é destinado o seu produto.

Coloque os pontos fortes, os pontos fracos, a avaliação de quem já comprou, vídeos demonstrativos, fotos em alta resolução e todo o recurso multimídia que tiver ao seu alcance para que o cliente veja que a sua loja não é mais do mesmo.

Poucas opções de forma de pagamento

Hoje em dia além de cartões de crédito, depósitos e boletos bancários, existem milhares de formas de pagamento que facilitam o recebimento pelo lojista.

Se há pouco tempo atrás era necessário cadastros em bancos, operadoras de cartões, e várias contas bancárias para dar opções confortáveis e práticas para o cliente pagar a sua compra, hoje já existem dezenas de serviços de pagamento que permitem que uma loja virtual possa receber todos os tipos de pagamento através de um único fornecedor. Exemplos: PayPal ou PagSeguro.

Aceitar poucas formas de pagamento é uma das principais razões que fazem com que os clientes não concluam o pedido no carrinho de compras. A pior coisa para um cliente é entrar em uma loja virtual e ver que justamente o seu cartão de crédito não é aceito. Isso faz com que ele não volte mais a loja virtual, mesmo que no dia seguinte um novo meio de pagamento já esteja disponível.

Portanto trabalhe com muitas opções para que seu cliente possa escolher o meio de pagamento que mais for cômodo a ele na hora de finalizar a compra.

Cobrar frete

Isso mesmo. Você não está lendo errado. Cobrar frete é um erro. Quantas vezes você não preferiu pagar um ou dois reais a mais em um produto e ter frete grátis ao invés de pagar um produto mais barato e pagar quase dez reais para a entrega?

Pois saiba que esses dois reais a mais é justamente o valor que você poderia estar pagando ao seu fornecedor para poder oferecer frete grátis para os clientes da sua loja virtual.

Hoje em dia cobrar pela entrega acaba sendo um erro porque muitas vezes o seu concorrente e todo o mercado estão entregando de graça uma coisa que você está cobrando para levar até seu cliente.

Certamente se você está cobrando frete (principalmente se ele for caríssimo) para entregar seus produtos para quem compra de você pode ter certeza de que você está perdendo vários clientes todos os dias.

Burocracia na hora de comprar

Porque, mesmo depois de ter os dados do cliente cadastro na loja, o cliente precisa passar por várias etapas do processo de compra até finalizar o pedido? Ao reduzir o número de etapas necessárias para o cliente comprar, você vai reduzir a taxa de abandono do carrinho de compras.

Além disso, ao tornar o processo de compras mais curto, você pode tirar proveito dos apelos inconscientes que a compra oferece. Muitas vezes, durante um processo de compras cansativo, o cliente começa a questionar a necessidade do produto, e acaba por fim descartando por acreditar que o produto não vale o esforço.

Por isso concentre-se em oferecer uma loja virtual na qual comprar de você exija o mínimo de esforço para o cliente. Etapas cansativas desestimulam as os clientes a comprar e até a retornar a sua loja virtual.

Nós acreditamos que esses cinco erros devem ser evitados a qualquer custo na sua empresa. Todos eles certamente atrapalharão o desempenho e as estratégias de vendas que você traçou para o seu e-commerce.

Fonte: Blog da Rakuten

Alguns erros cometidos por lojistas online
Avalie este artigo

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, tou entrando nesse ramo agora, tenho uma loja de calçados, queria saber como vocês fazes para enviar um produto, compram a caixinha que o correios oferecem ou mandam fazer sacos plásticos que sai bem mais em conta?

  2. Sobre o frete grátis, tenho uma loja online e procuro ganhar o cliente com honestidade. Publico os valores justos do frete e não apresento valores inflacionados (por vezes 100% acima do valor real) como muitas lojas fazem tb. Além disso nem mesmo as gdes redes fazem frete 100% grátis, muitas vezes só fazendo para produtos pqnos e acima de determinado valor ou somente para regiões específicas, qdo produtos maiores! E vamos ser honestos: o consumidor não está mais tão trouxa como muitos qrem acreditar e já comparam mais o valor total, e mesmo tendo frete.

  3. Eu também estava pensando em dar frete gratis, mas vejo que é complicado, pois se eu dar frete gratis, vou ter que aumentar o preço dos produtos, e acredito que isso pode acabar atrapalhando mais do que ajudando, principalmente nos produtos mais baratos e com preços mais concorridos.

  4. Sobre o frete grátis. E como fazer frete grátis para produtos abaixo de R$ 100,00? Normalmente o custo do frete grátis está embutido no produto. Mas num produto mais barato, não é possível embutir, pois o preço mais alto será notável… E o que dizer do mercado livre, que vende milhões com todos os vendedores cobrando frete? O que costumo fazer é na compra de 3 produtos (incluindo esses com preço abaixo de R$ 100,00) oferecer frete grátis. Já é uma solução, mas prefiro a padronização, frete grátis para todos, mas como?

  5. É um erro sim decidir pelo lojista, se ela tem capacidade de dar frete grátis, ai sim é um erro.

    Impor que isto é uma regra, sinto muito, não é uma regra.

    Dizer que as perdas enormes, vago demais.

    O frete é componente de venda e acredito que o usuário já sabe que o valor do frete esta incluso no produto, já foi o tempo em que acreditavam neste conto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here