Brasil deverá ser o 4º maior e-commerce em 2016

Brasil deverá ser o 4º maior e-commerce em 2016Um estudo divulgado pela consultoria italiana Translated projeta que o mercado brasileiro de comércio eletrônico será o quarto maior do mundo em 2016. Segundo o estudo, o e-commerce brasileiro deverá ultrapassar o tamanho da França, do Reino Unido e da Alemanha ao longo dos próximos anos.

De acordo com a pesquisa intitulada “T Index”, o Brasil terminou 2012 com 3,1% do movimento mundial feito pela internet. Com essa participação, o País figura em sétimo no ranking global, à frente da Rússia (8º), Coreia do Sul (9º) e da Itália (10º). Os primeiros do ranking são os Estados Unidos, a China e o Japão.

A consultoria prevê que o mercado brasileiro alcance participação de 4,3% do e-commerce mundial em 2016. Com essa fatia, o Brasil estará à frente da Alemanha, que deve terminar o ano das Olimpíadas no Rio com 3,9%.

Atualmente, os alemães giram 4,6% do e-commerce mundial. A redução dessa fatia não aconteceria pela piora dos resultados da Alemanha, mas pelo crescimento mais acelerado dos outros mercados.

Segundo o estudo, a China será o maior mercado mundial de vendas online com 20,1% do movimento global em 2016. Em seguida, aparecem Estados Unidos (15,6%) e Japão (4,6%). Após o quarto lugar do Brasil, estarão a Alemanha, Rússia (3,6%) e França (3,2%).

Fonte: Portal Exame

Brasil deverá ser o 4º maior e-commerce em 2016
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here