Como ter uma carreira de sucesso em e-commerce

Fazer negócios online requer habilidades que envolvem várias áreas, como escrita, criatividade, análise de dados e empreendedorismo. Para aproveitar o grande crescimento do e-commerce em todo o mundo, o profissional deverá traçar um plano de formação acadêmica e definir as principais ferramentas que ele deverá desenvolver.

De acordo com pesquisa do portal educativo Educaedu, a maior parte dos cursos de e-commerce é composta por MBAs e especializações. Os programas curriculares envolvem assuntos sobre marketing online, logística, gestão de pessoas e estatística.

Os especialistas afirmam que para ter sucesso nesta área o profissional precisa desenvolver características como:

  • Flexibilidade: a Internet muda em um ritmo rápido e é necessário saber se adaptar;

  • Dedicação: ser conhecido e se tornar uma boa referência leva tempo e exige muito trabalho;

  • Visão global: deve entender todas as áreas do negócio e relacioná-las com a web.

Os requisitos também englobam o entendimento de técnicas para atrair mais tráfico ao site, conseguindo assim mais usuários. Uma boa o pção é fazer cursos de SEO – Search Engine Optimization, que te ensinam, entre outras coisas, a melhorar o conteúdo de uma página web, sua estrutura e navegação.

Também é imprescindível entrar em contato com outros profissionais de e-commerce. Por isso, seu perfil nas redes sociais deve estar sempre atualizado. Nesse setor, o networking é essencial para conhecer a concorrência e também para analisar outros trabalhos e aproveitar suas boas ideias, além de ajudar a ver as direções do mercado.

O acesso à internet teve um crescimento significativo no mercado latino-americano, o que aumentou as vagas de trabalho para profissionais ligados a esta área. De acordo com dados de Internet World Stats, somente na última década houve um aumento de 528,1% no número de usuários.

O setor de e-commerce na América Latina registrou no último ano 43 bilhões de dólares, segundo um estudo feito pela América Economia Intelligence. As projeções para os anos seguintes são ainda mais positivas e animadoras. Entre os países que mais gastam em comércio eletrônico na região estão: Brasil, México, Argentina e Chile.

Atualmente as empresas buscam profissionais que saibam realizar ações dentro e fora do site, analisando o comportamento dos internautas por meio de dados como tempo de visualização, as seções mais acessadas e os itens mais populares.

Com tantos números, sem dúvida há espaço para aqueles que querem trabalhar bem e se destacar. É só definir onde e o que estudar com a ajuda da Educaedu e seguir as dicas acima para ter uma boa carreira.

Como ter uma carreira de sucesso em e-commerce
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here