Comércio eletrônico no Brasil deve crescer 24% em 2013

Comércio eletrônico no Brasil deve crescer 24% em 2013As vendas no comércio eletrônico brasileiro neste ano devem atingir R$ 28 bilhões, crescimento de cerca de 24% sobre os R$ 22,5 bilhões faturados em 2012, informou nesta quarta-feira (20) a consultoria e-bit. Em 2011, o setor faturou R$ 18,7 bilhões.

“A tendência é que o ano apresente resultado melhor que 2012 em virtude da retomada do crescimento econômico e da aceleração das vendas de dispositivos móveis como tablets e smartphones”, afirmou a e-bit. Os dados não incluem serviços e ofertas de sites de compras coletivas, por exemplo.

Em 2012, foram realizados ao longo do ano 66,7 milhões de pedidos, um volume 24,2% maior do que o registrado no ano anterior. Conforme a e-bit, 42,2 milhões de pessoas já fizeram, ao menos, uma compra on-line no Brasil. O tíquete médio em 2012 fechou em R$ 342.

O resultado do ano passado foi impulsionado pelo desempenho de vendas no segundo semestre, que concentrou datas comemorativas como Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal – data mais importante para o varejo –, além da edição brasileira da Black Friday, cujas vendas somaram R$ 243,8 milhões em 24 horas. O faturamento do comércio eletrônico no Natal de 2012 atingiu R$ 3,06 bilhões.

No ano passado, o setor de eletrodomésticos liderou as vendas on-line, com 12,4% do total, seguido por moda e acessórios (12,2%) e saúde, beleza e medicamentos (12%).

Compras coletivas

O relatório da e-bit também levantou dados sobre as compras coletivas no Brasil. Em 2012, essa modalidade faturou R$ 1,65 bilhão, um crescimento nominal de 8% em relação a 2011.

De acordo com a consultoria, o número de ofertas adquiridas registrou um aumento de 30% na comparação ao ano anterior, com 25,3 milhões de pedidos. O tíquete médio teve uma queda de 17% de 2011 para 2012, e fechou o ano com o valor de R$ 65,40.

Avalie este artigo

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber o autor desse artigo, estou fazendo meu projeto de tcc e achei interessante essa informações! Qualquer informação me enviei por e-mail.

    Att,
    Carla D Rodrigues

DEIXE UMA RESPOSTA