Como aumentar as vendas do seu e-commerce – Usabilidade

cComo aumentar as vendas no e-commerce. Veja algumas dicas para aumentar a lucratividade do seu e-commerceO desafio de aumantar as vendas de um e-commerce é um desafio diário para o gestor e no comércio eletrônico nem tudo é tecnologia ou um baita sistema de loja virtual ou SEO. Muito do segredo é lógica, bom senso e objetividade. A Internet anda cada vez mais rápida e seus clientes em potencial também. Facilitar a vida dos seus visitantes é um ótimo negócio para eles e para as sua vendas. É parte do Conceito de Kiss (Keep It Simple Stupid). Proporcionar uma navegação rápida e objetiva em sua loja virtual, além de uma obrigação é um diferencial.

Resumindo a estória toda. Em uma loja virtual, mais do que nunca a usabilidade é fator fundamental. Não dá para conceber um e-commerce com dificuldades de navegação.  O comércio virtual é uma coisa rápida, exige disponibilidade de informação.

Algumas dicas para aumentar as vendas do seu e-commerce

Vejamos então como levar isso aos seus clientes:

  • Não obrigue os consumidores a se registrarem antes do processo de checkout. Não peça informações que você não vai usar imediatamente. Quem disse que ele vai fecham negócio. Convença seu cliente que você tem a melhor oferta e depois peça informações.
  • Escreva para seres humanos. O Google te ajuda, mas não é o seu cliente alvo. Não escreva descrições de produtos para agradar o SEO do Google mas para agradar os seus clientes. São eles que te trazem lucro. O Google, Yahoo, MSN e Bing são importantes, mas como parceiros e não como alvo principal da sua divulgação. Esqueceu para quem está vendendo?
  • Não deixe seus clientes acrescentarem produtos ao carrinho para depois dizer que não tem aquele produto em estoque. Piedade! Se você já sabe que não tem o produto em estoque, por que você não mostra logo na página de detalhe do produto?
  • Apague ou deixe indisponíveis categorias sem produtos cadastrados. Você tem categorias na sua loja virtual sem nenhum item cadastrado? Certamente sim e chama isso de “planejamento futuro”, meio redundante mas, vá lá. Para não incomodar e decepcionar seus clientes, desabilite essa categoria para que eles não tenham que dar de cara com a mensagem “Nenhum produto encontrado”. Desagradável não acha?
  • Limpe a sua home page. Não é porque você tem um monte de promoções para divulgar que você tem que mostrar tudo de uma vez. Faça o cliente se interessar pelo o que você tem e não fique saturando-o de informações. Coloque na vitrine principal o que você realmente tem de diferencial em relação aos seus concorrentes e o que realmente tem demanda. A purpurina, esqueça.
  • Estabeleça uma data de chegada para os pedidos. Seus clientes vão gostar de saber quando os produtos vao chegar a casa deles não acha? Não vale a pena somente informar quando o produto foi despachado, tipo, “já mandamos e vire-se”. Você deve mostrar a data que o cliente poderá esperar pelo produto em sua casa? Isso é uma abordagem amigável e altamente vendável. Seu cliente é seu amigo e não alguem que passou pela sua loja e por acaso fez uma compra. Faça ele gostar do atendimento e voltar.
  • Não exagere nas recomendações de produtos. Se o cliente adicionou um produto ao carrinho de compras, mostre o carrinho de compras que é o que interessa. O cliente já está convencido que o produto é bom. Não exiba uma dezena de recomendações antes de mostrar o carrinho até porque todo mundo desconfia das avaliações mesmo. Se lembram do caso da Amazon? Eu lembro mas não gosto de contar.
  • Tome cuidado com o uso de e-mail marketing. Envie e-mails focados, incentive o cliente a escrever resenhas sobre os produtos. Pergunte se o pedido chegou como ele esperava, vá além dos e-mails de oferta de produtos baseados em preços, isso todo mundo faz. Um pouco (muito pouco) de institucional não faz mal a ninguém, pode usar também.
  • Não apague os comentários negativos. Mantenha as resenhas negativas sobre os produtos. E, se um produto recebe muitas críticas negativas, livre-se do produto, não dos clientes. Faz sentido não acha? O chato não é o cliente, o chato na verdade é o produto que não tem saida. Já pensou em colocá-lo como brinde?
  • Mostre o preço final o quanto antes. Não espere até o final para mostrar o preço com desconto, com impostos, frete etc. O cliente quer saber o valor total, incluindo o frete na tela do carrinho de compras. Se você precisa do CEP para descobrir calcular o frete, peça logo e guarde a informação em seu sistema para o checkout.
  • Evite entradas duplicadas em seus formulários. Se você perguntou pelo CEP no carrinho, não me faça digitar o CEP novamente no formulário de pedidos. Todo mundo odeia formulários, principalmente se perguntam a mesma coisas milhões de vezes. Não é isso que você fala das atendentes de telemarketing das companhias de celular quando liga para lá?
  • Seja visto e encontrável. Ajude os clientes a te conhecer. Não esconda as informações sobre contato com a empresa. Mostre o telefone em todas as páginas. O cliente precisa saber o quanto é fácil fazer negócios com você. Como a mulher de César, não adianta ser correto, tem que parecer correto também.
  • Faça uma limpeza na publicidade de sua loja. Pense direito sobre as propagandas que você tem que você tem em sua loja. Se você é um vendedor digital, o seu foco deveria ser vender os seus produtos e não ganhar uns trocados fazendo propaganda para os outros. Tudo bem, seu fornecedor está la? ótimo. O que ele te dá por anunciar a marca dele? Já pensou em fazer uma proposta de patrocínio a ele? Não se assuste se a resposta for positiva. Na maioria das vezes ele te dá algum tipo de vantagem por anunciar a marca dele e você nem sabia.
Como aumentar a lucratividade da sua loja virtual
Avalie este artigo

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here