Como big data pode criar valor para as empresas

Como big data pode criar valor para as empresas
Como big data pode criar valor para as empresas

A quantidade de dados disponíveis e softwares para interpretá-los, ou big data, vem aumentando de forma espantosa nos últimos anos e tem a capacidade de revolucionar diversos setores da indústria, tais como a área de saúde, o setor público, a fabricação de produtos e principalmente o comércio online. Estima-se que o número de informações armazenadas pelas empresas dobrou nos últimos 10 anos, o que é mais que natural no cenário web atual onde as vidas das pessoas são expostas em mídias sociais e seus hábitos de compra armazenados em e-commerces com transações cada vez mais detalhadas.

Estudo realizado pela McKinsey aponta que toda essa informação pode criar um valor enorme para as empresas, podendo chegar a um aumento de 60% na margem de lucros dos e-commerces. A Uaizo fez um compilado de 4 dicas para responder a pergunta: o que você realmente pode fazer com toda essa informação?

Big data torna a informação transparente e útil, em uma frequência muito maior

Vamos considerar por exemplo uma livraria. Uma loja física que comercializa livros pode perfeitamente saber quais são os livros mais e menos vendidos, e caso tenha um programa de fidelidade podem associar essas informações relacionadas aos produtos com aquelas sobre seus consumidores. Mas isso é tudo. Já um e-commerce de livros possui informações não só sobre o que os consumidores compram, mais também quais produtos eles visualizaram, como navegaram no site, quais os pontos da página são mais ou menos relevantes, quanto eles foram influenciados por promoções, dentre outras informações.

Big data auxilia na tomada de decisões

A medida que as empresas criam e armazenam mais dados, eles podem coletar informações de desempenho mais precisas e detalhadas sobre quase tudo, e assim tomar melhores decisões de gestão. As lojas virtuais podem utilizar toda a informação disponível para direcionar ações cada vez mais efetivas no que diz respeito a gerenciamento de categorias, controle de SKU, gerência de estoque e precificação, só para citar alguns exemplos. Os softwares desenvolvidos para lojas virtuais são atualizados toda vez que os consumidores ignorarem ou responderem de forma positiva ou negativa a qualquer recomendação, tornando as decisões cada vez mais automatizadas.

Big data permite maior segmentação

O uso de softwares em e-commerce direciona intervenções cada vez mais efetivas, tornando seus produtos, serviços e atendimento ao cliente adaptados as reais necessidades dos clientes. A loja de livros em questão pode prever e recomendar quais os próximos livros que seus consumidores gostariam de ler, oferecer promoções e até mesmo precificar de acordo com cada perfil de consumidor.

Big data pode otimizar o desenvolvimento de novos produtos e serviços

O enorme volume de dados gerado atualmente acelera de forma substancial o processo de criação de novos produtos e serviços. Uso de big data pode acelerar a curva de aprendizado tornando a pesquisa de mercado em um processo no qual bancos de dados são alimentados em tempo real com informações sobre consumidores e formas de consumo.

Por Marcelle Xavier, responsável pelo Marketing da Uaizo

Como big data pode criar valor para as empresas
Avalie este artigo

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here