Como definir o preço de venda em um e-commerce

Como definir o preço de venda em um e-commerceMissão impossível, tarefa complicada, chame do que quiser. A maior dificuldade em um e-commerce é saber se posicionar em relação ao preço. Pode ser surpresa para alguns, mas ter como base apenas o preço de compra para definir o lucro pode ser um grande erro. Mas é assim que grande parte das empresas age, definindo o quanto vão ganhar sobre cada venda.

Na grande maioria dos casos essa estratégia resulta em acúmulo de estoque, poucas vendas e defasagem dos preços. Então, como fazer para defini-lo de uma forma que a loja ganhe dinheiro, mesmo sem ter o preço mais baixo? O preço é algo que o mercado define, por isso, não existem fórmulas nem teoremas aritméticos que possam facilitar a vida dos lojistas.

Ferramentas apropriadas para definição de preços

Existem algumas ferramentas de auxílio que permitem consultar o preço da concorrência, como a disponibilizada pelo Kuantokusta na central de negócios, disponível para as lojas virtuais que anunciam no portal. Esta aplicação atualiza automaticamente os preços e exibe o menor, o médio e o da loja que está realizando a consulta.  Depois, calcula o percentual de diferença em relação ao menor preço e permite ainda ativar alertas por e-mail e exportar para Excel.

De maneira geral, o mercado costuma operar de forma diferente em relação ao preço, variando de acordo com a categoria de produtos e também por fabricante. Os grandes lançamentos geralmente apresentam preços tabelados, que são impostos pelas grandes marcas.

Os fatores determinants do preço

É mais fácil de observar a disparidade dos valores quando os produtos já não são mais novidades e o preço pelo qual será vendido, fica a critério da loja. Para definir esta quantia, cinco fatores devem ser analisados de preferência, produto a produto:

  1. Com que frequência consultam este produto por semana? Quanto mais vezes esta análise for feita, melhor a otimização dos resultados e maiores são as chances de venda do produto
  2. O preço da concorrência não pode estar maior do que 5% do valor médio
  3. Quantas unidades deste produto existem no estoque da loja? Não convém manter um estoque superior ao volume vendido na última semana
  4. Previsão de queda, diminuir semanalmente o número de estoque mínimo
  5. O preço de custo muitas vezes deve ser esquecido. A pior decisão é colocar o preço de venda abaixo do de custo

Diversas e variadas são as formas de determinar um preço, mas existe uma que sobressai: o preço definido pelo mercado. Quem não estiver atento a isso, pode ficar para trás.

Por Flávio Pagotto

Como definir o preço de venda em um e-commerce
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here