Escreva descrições de produtos que vendem mais em sua loja

Como escrever boas descrições de produtos para o e-commerceA página de descrição de produtos ocupa atualmente um lugar de destaque na estrutura de um e-commerce. Já se vai longe o tempo em que ela era apenas um descritivo frio das características do produto. Atualmente, a página de descrição dos produtos de um e-commerce é uma área repleta de técnicas que visam aumentar a conversão da loja. É por isso que as descrições do produto em sites de comércio eletrônico são consideradas como um componente vital de qualquer loja virtual bem sucedida.

Sempre comento em nosso curso sobre criação de lojas virtuais, que atualmente temos a tendência de humanizar o relacionamento nas lojas virtuais. Antigamente, via-se o e-commerce como um cenário em que minimizávamos o contato humano para maximizar a eficiência, minimizando esse contato, ficam expostos alguns problemas potenciais. Por exemplo, a falta de interação humana pode ser um problema quando os produtos são apresentados pela primeira vez para o cliente da sua loja virtual. É justamente por causa de situações como esta que o seu site precisa transmitir de forma bastante eficiente as informações sobre o produto em um cenário com pouca ou nenhuma interação humana e com a agravante do espaço muito limitado. E os problemas não terminam aqui. Você também precisará se preocupar com as questões relativas ao SEO nas descrição de produtos. É realmente uma pedreira

Para facilitar esse trabalho, sugerimos algumas diretrizes sobre a elaboração da descrição de produtos em uma loja virtual.

Nunca use descrições fornecidas pelo fabricante

A descrição de um produto faz parte da cultura da sua loja virtual, por isso mesmo ela deve ser única. Nuca caia na tentação de utilizar a descrição massificada fornecida pelo fabricante. O que diferencia a sua loja virtual em relação as outras é justamente a forma especial que você tem de abordar os cliente e colocar a descrição fria oferecida pelo fabricante, em uma linguagem que seja compreendida pelo seu público-consumidor. Além disso, se você simplesmente copia a descrição oferecida pelo fornecedor, ela ficará igual a de dezenas de outros sites o que vai lhe trazer um problema enorme com as ferramentas de busca como o Google. O Google simplesmente abomina conteúdo duplicado, e por isso, se a sua descrição não for única, você jamais conseguirá uma boa colocação nas ferramentas de busca. Esse é um conceito básico de SEO – Search Engine Optimization. Você pode até incluir partes do conteúdo do fabricante, mas, a fim de conseguir um bom posicionamento, você terá que tornar o conteúdo dessas páginas pecas únicas. Um bom conteúdo vai ajudar até mesmo em sua colocaçao no Google Shopping.

Mantenha sua página de produto acima da primeira dobra

É sabido que a maioria das pessoas detesta rolar verticalmente páginas. Por isso, é importante que você concentre as informações mais importantes da sua página de detalhe de produtos na primeira dobra. Imagens, detalhes, botão de comprar e tudo mais importante para a conversão da página devem ficas em posição bem visível logo na primeira dobra. As descrições técnicas do produto podem ficas na segunda dobra sem maiores problemas. Nas descrições, evite a todo custo cometer erros gramaticais i de formatação como, por exemplo, o abuso do uso de caixa alta.

Escrever com o seu público-alvo em mente

Antes de começar a rascunhar a descrição do produto, você deve ter em mente o perfil do seu público-alvo. É preciso adaptar a linguagem técnica do produto à cultura da sua loja e a compreensão ampla dos seus clientes. Você deve se colocar no lugar dos seus clientes e tentar falar a linguagem deles ao escrever para eles. A descrição de uma lingerie é completamente diferente da descrição de um acessório automotivo. Dentro de um mesmo segmento, a descrição também varia. em uma loja virtual de perfumes, a descrição de uma fragrância feminina difere radicalmente de uma voltada para o público masculino. O perfil do seu consumidor deve orientar a linguagem e a forma que você usará na descrição dos seus produtos.

Prenda a atenção do seu público logo no primeiro contato

Uma das melhores maneiras que você tem para fazer com que o usuário preste atenção a descrição do seu produto é chamar a atenção para o produto logo em um primeiro contato, ou seja na curta descrição do produto que se costuma fazer logo na parte de cima da página. É realmente um exercício cansativo de síntese e criatividade, mas vale a pena. Lembre-se que você possui menos de dois segundos para convencer o usuário de que vale a pena continuar a ler a sua página e para isso é necessário ser rápido, claro e objetivo logo de saída. É essencial que esse primeiro impacto gere uma curiosidade em relação ao restante do conteúdo. Crie uma chamada instigante e precisa, sem muitos códigos ou especificações desnecessárias. Se você for eficiente nesse momento, terá a página inteira – ou quase inteira – para apresentar a descrição exata do produto.

Crie uma conversa na descrição do produto

O marketing moderno é composto por conversas. Isso é o que você deve buscar nas suas descrições de produtos. Explique o seu produto de forma lógica e sequenciada. Construa uma argumentação com início, meio e fim. Demonstre ao usuário quais são os benefícios que aquele produto irá trazer para ele e como ele se destaca em relação aos concorrentes. O seu conhecimento sobre o produto e benefícios deve ser tal que lhe proporcione toda argumentação necessária para colocar o produto sob o prisma adequado para o convencimento do seu público-alvo. O importante é estimular a vontade de possuir aquele produto.

Qual sua experiência na elaboração de descrições de produtos em páginas de detalhes de lojas virtuais. Compartilhe publicando seu comentário.

Alberto Valle, consultor e instrutor do Curso de E-Commerce

Descrições de produtos que vendem mais
Avalie este artigo

3 COMENTÁRIOS

  1. Realmente uma coisa que mais detesto quando entro numa loja virtual, encontro um produto que me interessa, não tem detalhes sobre o produto e quando tem as vezes é técnicos de mais.

    Um texto detalhando o produto cria interesse no comprador; o texto sendo único faz com que os buscas orgânicas nos motores de buscas aumente e isto traduz em vendas.

  2. Realmente, Alberto, a questão de “humanizar o relacionamento” é o grande ovo de colombo da era digital. Há anos o marketing de forma geral evangeliza o mercado sobre a importância de humanizar produtos e relacionamentos.

    O Storytelling vem crescendo de importância e ganhando força nos últimos anos e a descrição dos produtos deve suportar isso.

    Conciliar SEO, Storytelling e deixar clara ao cliente todas as informações que ele deseja e precisa saber é um desafio, mas quem não encarar o desafio, ficará para trás, principalmente com o crescimento do e-commerce brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here