E-commerce móvel requer desenvolvimento antifraudes

raudes no e-commerce móvelFica a dica para os desenvolvedores: a nova fronteira está na prevenção de fraudes no e-commerce que acontece nos dispositivos móveis. Em 2014, cerca de 12% de todas as transações do comércio eletrônico serão feitas destas plataformas. No entanto, as ferramentas de detecção de fraudes ainda estão atrasadas, declarou a consultoria Gartner.

“O comércio móvel e as negociações via telefone estão aumentando rapidamente, principalmente, devido às melhorias na navegação”, disse William Clark, analista da instituição, em um comunicado. Segundo a Gartner, CIOs precisam pesquisar aplicações de segurança em desenvolvimento que considerem relevantes a proteção ao sistema de pagamento móvel. Assim, as empresas conseguirão se manter competitivas no comércio eletrônico.

“É fundamental que as corporações encontrem aplicações capazes de detectar fraudes em ambientes móveis. No entanto, as ferramentas atuais não funcionam bem nos aparelhos disponíveis no mercado”, ressatou Clark. Tais recursos ainda estão em estágios iniciais de desenvolvimento e, segundo o analista, só se mostrarão confiáveis em 2012.

Um dos métodos disponíveis atualmente usa um servidor em que o usuário precise se logar por meio de um programa em Java. O script captura informações sobre o navegador e o telefone do usuário. Ele também pode recolher o número serial do dispositivo e número da placa de rede para transmitir às empresas de e-commerce.

Outro jeito de prevenir fraudes usaria as informações de localização do smartphone, sendo que a compra seria efetivada apenas se esses dados fossem fornecidos pelo usuário. Para uma empresa, usar as informações de geolocalização pode ajudar na autenticação do cliente, através da sinergia com outros sistemas.

Uma terceira alternativa apontada pelo Gartner faz menção a um modelo que já começa a ser usado por alguns fornecedores de detecção de fraudes. Eles estão analisando os padrões de comportamento do usuário dentro de um aplicativo móvel no smartphone e criando um sistema de riscos, baseado em uma pontuação.

Fonte: Idg Now

E-commerce móvel e fraudes nos pagamentos
Avalie este artigo

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá, poderiam me ajudar com um dúvida? Estou iniciando um E-commerce e gostaria de saber se existe alguma forma de me prevenir quando existe má fé de um consumidor, por exemplo: O consumidor compra em minha loja, eu envio o produto de acordo com o pedido, porém ao receber o produto o cliente alega que recebeu uma caixa vazia ou com uma pedra dentro da embalagem, Qual a prática utilizada pelos e-commerce´s para provar que o produto foi enviado? Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here