No e-commerce a propaganda continua sendo a alma do negócio

No e-commerce a propaganda continua sendo a alma do negócioO e-commerce revolucionou completamente a maneira de fazer negócios no século XXI. Contudo, nesses mais de 10 anos que tenho acompanhado esse fenômeno, continuo encontrando empresas e empreendedores que acreditam que as coisas na internet acontecem como num passe de mágica. Iludem-se achando que o simples fato de publicarem um site de vendas na web garantirá que compradores encontrem seus produtos. Invariavelmente seus negócios on-line acabam naufragando.

A propaganda é a alma do negócio

Apesar de ser um conceito muito antigo, ele talvez seja o mais importante quando se fala de lojas virtuais. Por isso, quando varejistas começam a planejar o ingresso no e-commerce, é fundamental reservar uma parte importante do investimento para a divulgação da Loja. O recomendado é que o novo varejo on-line tenha condições de bancar um plano de marketing de pelo menos 12 meses, antes do negócio encontrar o equilíbrio entre receitas e despesas.

Sempre comece com uma pequena verba publicitária. O fato de você reservar uma boa quantia para divulgar sua loja, não significa que você deve começar com o “pé no fundo”. Campanhas na internet necessitam ser testadas. Sim, se acostume com a expressão “teste”, você vai ouvi-la muitas vezes quando o assunto for publicidade on-line. Demora algum tempo até você encontrar a formula que funciona (que traz vendas) para o seu negócio. Quando você descobrir o caminho, aí sim é o momento de acelerar.

Cuidado! Na web a publicidade que funciona, funciona imediatamente. Se uma campanha não gerou vendas nos primeiros dias, interrompa no ato. Você só vai consumir seu precioso investimento sem resultados (vendas).

Isso não significa que você não deva continuar testando modelos diferentes de publicidade. Teste é o mantra do sucesso em vendas on-line.

Se a publicidade não pode ser medida, não anuncie! Diferente da publicidade tradicional, a online deve fornecer na vírgula a medição dos resultados. Impressões, cliques, taxa de conversão, etc.

Mas como controlar publicidade on-line?

Todos os canais de publicidade na Internet são monitoráveis. Assim, esses dados podem se transformar em uma análise muito útil que pode ajudá-lo a fazer melhorias em suas campanhas. Isso pode ser feito facilmente através da criação de uma conta no Google Analytics.

Além da publicidade no Google, o Analytics pode controlar todos os tipos de mídia on-line, incluindo banners, links de referência, campanhas de e-mail, busca orgânica e paga.

Agora, a boa publicidade on-line não vai garantir as vendas se você não tiver uma Loja Virtual que funcione bem. Sua campanha na web trará visitantes para a Loja Virtual, é preciso convertê-los em compradores!

Sua loja na web desempenha um papel crucial em fechar o negócio. Sua webstore está projetada para isso? Comunicação confusa, mau uso de cores, navegação complicada – Evite tudo isso! A loja virtual de sucesso tem de comunicar alta confiança para os visitantes.

Voltando a publicidade, os anúncios devem levar o potencial comprador a uma página de destino preparada especificamente para o produto anunciado. Facilite a vida do seu cliente. Não o jogue simplesmente na vitrine da sua loja. Procure entender como funcionam as landing pages.

Vantagens potencializam as promoções

A publicidade que funciona é direta: O melhor preço! Frete Grátis! Somente hoje! Oferta especial! Compre 1 ganhe 2! Produtos com até 70% de desconto. Se você não oferecer algo melhor, diferente, especial ou exclusivo, é melhor manter o dinheiro no banco. Tenha em mente que, a menos que você ofereça um benefício, o visitante não vai comprar em sua loja virtual. E você pode facilmente começar por oferecer um frete grátis, que provou ser uma das melhores táticas de conversão para a loja on-line!

E por fim, você não pode agradar a todos. Portanto, saiba quem é o comprador-alvo para o seu anúncio. Qual é a sua mensagem central. Como é que o seu produto vai beneficiá-los. Você precisa estar focado! Coloque a proposição de preço certo para o mercado-alvo que pretende atingir!

Lembre-se: a propaganda também é a alma do negócio online.

Por Vinicius Pessin é CEO da e-Smart

Avalie este artigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA