A estratégia da encontrabilidade e sua importãncia no marketing digital

Estratégia de Encontrabilidade - A melhor maneira de encontrar o seu usuário, é ser encontrado por eleA estratégia da encontrabilidade pode ser resumida em apenas uma frase: “A melhor maneira de encontrar o seu usuário, é ser encontrado por ele”. Simples assim? Na teoria sim, na prática não muito.

Em vários dos meus artigos, minhas palestras e em meu livro eu falo sobre o comportamento do usuário frente a uma URL X a mídia de massa: Quando se está vendo a novela e de repente ela pára e entram os comerciais, isso é algo totalmente invasivo. O telespectador está acostumado com isso, pois a décadas funcionam assim, entretanto o consumidor não pediu aquilo, não quis aquele comercial. Ele aceita e em várias vezes até gosta da propaganda, é impactado e compra aquele produto, mas é quase impossível das marcas saberem que foram impactados pelo comercial na novela ou pelo comercial do Fantástico.

Na web as coisas são diferentes

Por mais que o banner seja invasivo – menos do que um comercial de TV ou uma página de revista – o usuário acessa a URL da marca porque ele quis. Ele entrou na internet, ele abriu seu browser favorito e digitou a URL da marca ou buscou o nome no Google. É ai que entramos no conceito da encontrabilidade.

Essa estratégia está muito ligada as palavras-chave, que são uma excelente arma na web, desde que sabendo trabalhar com elas; claro que se o usuário digitar no Google HONDA ele vai ter em primeiro lugar na busca natural www.honda.com.br; afinal no Page rank do Google, a url que contém a palavra se torna a mais relevante, mas os estrategistas de encontrabiliade tem que pensar no que está ao redor da Honda, como por exemplo: e se o usuário(s) está buscando “Sedãs médios até 60 mil reais”?

O usuário na web gosta de pesquisar, pois a web permite ter uma gigante fonte de referências. Se esse usuário está realmente interessado em comprar um Sedã até 60 mil reais, ele tem uma gama enorme de opções de diversas marcas, só da Honda ele tem o Civic e o City; Toyota Corolla, Chevrolet Vectra, Nissan Sentra, Fiat Linea, Renault Megane… nessa guerra, usando a web, quem está em primeiro leva vantagem, vantagem essa que pode gerar conversão, ou seja, vendas!

Dei o exemplo do mercado automotivo, mas poderia ser qualquer outro. O ideal para uma marca e estar em primeiro nos buscadores; porém jamais acreditar que essa estratégia – só essa – trará resultados para a marca, existem diversas outras ferramentas – até mesmo o banner – para impactar o consumidor em diversos locais na própria web, por isso, o profissional de planejamento estratégico digital tem que pensar no todo, no projeto digital e não apenas no site.

A estratégia de encontrabilidade pode ser trabalhada com ações de Marketing de Otimização em Buscadores (MOB) constantes; sempre é bom lembrar que essas ações não acontecem do dia para a noite, não devem parar quando o site conquista a 1ª colocação e deve ser um trabalho pensando por todos os envolvidos, não apenas pelos equipe de otimização. Além de ações de MOB, assessoria de imprensa também é muito importante, pois fazer com que grandes portais como Uol, Terra, IG falam da sua marca, isso auxilia na posição dos buscadores; como já disse nesse artigo, é interessante saber trabalhar com palavras-chave.

Analisar quais as palavras mais buscadas e dessas quais se adéquam a site e a marca com a qual se está trabalhando. Algo que só trará clicks para o site é usar palavras como Celular ou Livros – palavras altamente buscadas no Google – apenas para trazer tráfego. Encontrabilidade é trazer tráfego qualificado, trazer para o site pessoas que estão interessadas nas marcas ou produtos com os quais o planner digital está trabalhando; nessa estratégia, aliás, no processo do projeto digital, é sempre bom saber que é melhor ter 10 mil acessos com 5 mil conversões do que ter 100 mil acessos com 500 conversões.

Claro que quanto mais pessoas acessarem maiores são as chances de aumento na conversão, as repito, CHANCES e não certeza; não adianta trazer para o site da Honda uma pessoa que está buscando informações sobre o iPhone, ela PODE querer trocar o carro, mas nesse momento ela quer ver um novo celular.

Trabalhar com Links Patrocinados é também uma tática para essa estratégia. Estar presente de alguma forma em grandes portais, pensar em táticas com banners em sites regionais, sites menores com um grande foco no conteúdo que a marca precisa; analisar como trabalhar as Redes Sociais, como fazer com que blogs falem de você de forma espontânea.

Em resumo, a estratégia de encotrabilidade é estar presente na web, quanto mais pessoas qualificadas falarem da marca, melhor posicionada no Google ela estará e quando se pensa que 95% dos internautas no país (que são aproximadamente 65 milhões) usam o Google como principal fonte de pesquisa e como o 1º passo para uma compra, essa estratégia é realmente uma grande arma para o sucesso da marca na web, entretanto, lembre-se: Não é porque a marca atingiu o topo que o trabalho está feito! Na web, quando se falar em trabalhar com palavras-chave e posicionamento, você possui muito mais concorrentes do que imagina, por isso, o trabalho é diário!

Por Felipe Morais

A estratégia da encontrabilidade
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here