Giuliana Flores aposta em grandes parcerias para atrair consumidores

Pesquisa revela que 70% dos consumidores consideram Giuliana Flores única opção na hora da compraA compra e venda de produtos pela internet têm apresentado um crescimento exponencial no Brasil. Em 2012, o e-commerce faturou 24,12 bilhões, segundo as últimas estimativas do mercado.

Ao se tornar cada vez mais evidente, o segmento atrai constantemente consumidores e, para conquistar esse público exigente, as lojas virtuais precisam definir constantes estratégias inovadoras. E foi pensando em agregar um diferencial competitivo e levar uma vasta gama de produtos para os clientes, que a  Giuliana Flores, líder no mercado de e-commerce com foco em arranjos florais e presentes, investe continuamente em parcerias com grandes marcas do mercado.

Há treze anos no segmento online, a floricultura online tem hoje parceiros como Havanna, Amor aos Pedaços, O Boticário, Kopenhagen, Lindt, Ofner, Granado, Godiva, Chandon, entre outros. Com essas marcas, a Giuliana Flores oferece diversas opções de produtos, além da possibilidade de montar o presente ideal usando chocolates, bebidas, pelúcias, cosméticos, joias, itens gourmet e muitos outros.

As parcerias têm gerado resultados positivos para a Giuliana Flores, representando 60% do faturamento atual da loja virtual.  “No começo, corremos atrás de marcas que fossem grandes e se sentissem confortáveis em serem nossas parceiras. Com o tempo fomos ganhando credibilidade dos clientes e isso contribuiu para que outras marcas nos procurassem. Hoje, vivemos o inverso de nosso início, onde as marcas buscam na Giuliana Flores produtos e soluções que possibilitam uma troca, a fim de ganhar ainda mais presença”, explica Juliano Souza, Gerente de Marketing da Giuliana Flores.

A Giuliana Flores desenvolve também parcerias corporativas a fim de promover ações de co-marketing, com promoções exclusivas que visam atingir o público das mídias sociais, assim como os clientes dos parceiros.

Giuliana Flores aposta em grandes parcerias
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here