Site de compras coletivas via mobile “I Am In” deverá se expandir para todo Brasil

Site de compras coletivas via mobile “I Am In” deverá se expandir para todo BrasilLançado em novembro de 2012, em Campinas/SP, o site de cupons I Am In procurou desde o princípio estar adaptado às plataformas móveis. “Nosso objetivo foi cobrir o gap das compras coletivas, que vêm sofrendo rejeição, com os cupons de desconto adaptados para mobile”, explica Gustavo Pinke, sócio da empresa.

A I Am In pretende diferenciar-se no mercado pela autonomia oferecida aos anunciantes. Pinke ressalta que o site permite que estabelecimentos deem descontos (a partir de 10%), gratuidades, e promoções do tipo “compre e ganhe”. “Quem estabelece o modelo é o próprio estabelecimento”, afirma Pinke.

Para anunciar, o comerciante cadastra-se no site, seleciona o tipo de desconto para seu produto e indica o tempo de validade da promoção e a quantidade de cupons.  Pelo modelo de negócios da empresa, o estabelecimento paga uma mensalidade de R$ 49,90 por um número ilimitado de anúncios. É cobrada uma taxa por cupom validado, cujo valor varia de acordo com o tipo da promoção oferecida.

Os usuários recebem uma notificação informando sobre a possibilidade de desconto. Caso interesse, basta confirmar apertando o botão “I Am In” dentro do app e validá-lo por um leitor de QR code na loja. Atualmente, a I Am In está presente em apenas três cidades: Campinas, São Paulo e Brasília. Pinke acredita que o serviço estará disponível em todas as capitais do País até o segundo semestre de 2013. Desse modo, espera-se um aumento significativo no número de anunciantes (hoje em torno de 60) e de usuários.

De novembro até agora, foram registrados aproximadamente 1 mil downloads da versão para iOS. Com o lançamento, em fevereiro, da versão para plataforma Android, Pinke acredita que conquistará ainda mais consumidores. Sua expectativa é de que a expansão resulte em 50 mil downloads até o fim de 2013. Para isso, a I Am In apostará em uma campanha de divulgação em guias de bares e restaurantes e no Facebook.

Avalie este artigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA