E-Commerce

julho 2, 2012 publicado por Blog do E-commerce

Loja Virtual Pronta ou “Crie Você Mesmo” – Isso Funciona?

   

Loja virtual pronta ou “Crie Você Mesmo” – Não é bem assim

Muitas vezes, ao buscarmos por uma loja virtual pronta, analisando a lista de recursos de um provedor de hospedagem você se depara com aquela oferta irrecusável, “Crie você mesmo a sua loja virtual de graça”. Bastante tentador não é, o que essa chamada se esquece de alertar é que caso você não tenha conhecimentos de programação essa tarefa é simplesmente impossível. Fora isso, existe o fato de que um sistema de e-commerce necessita de muitas outras coisas além do software para transformar o empreendimento em um sucesso de vendas. Para montar uma loja virtual é necessário bem mais que um software, mas vamos lá.

Sistemas de e-commerce disponíveis

A maioria dos provedores disponibiliza alguns sistemas open source em suas plataformas Linux. São sistemas que ficaram conhecidos como lojas virtuais grátis.Os mais comuns são o osCommerce, Magento e PrestaShop, todos eles ótimos sistemas que permitem a criação de lojas virtuais. Esses sistemas geralmente são instalados automaticamente através do painel de controle do usuário e em alguns casos permitem até um certo nível de personalização. O problema é que estes sistemas, principalmente o Magento, possuem inúmeras configurações extras que não são feitas por estes “instaladores automáticos”. Para fazer estas configurações funcionarem, é preciso alguns conhecimentos de programação e é justamente ai que a coisa começa a dar problema.

Instalação de Acessórios na Loja Virtual

Esses sistemas de e-commerce possuem diversos plugins (acessórios) como, por exemplo, opção para pagamento através do PagSeguro UOL, que podem ser instalados a qualquer momento, dando muito mais flexibilidade à loja. O grande problema é que todos eles necessitam de intervenções de pessoal tecnicamente capacitado para que passem a funcionar. Vejamos algumas situações:

  • Instalação no Provedor – Embora seja uma questão extremamente simples para um programados, instalar os arquivos no provedor de hospedagem e fazer com que eles funcionem, para um leigo pode parecer um bicho de sete cabeças. Será que você teria facilidade de usar um programa de FTP? E quanto as permissões de escrita, sabe como autorizar? Bem estes são apenas dois detalhes que podem complicar bastante a vida do usuário leigo.

  • Segurança do Sistema – Embora o provedor de hospedagem e os desenvolvedores dos sistemas garantam que a segurança é total, o fato é que instalações mal feitas sempre deixam expostas vulnerabilidades do sistema e isso é tudo que os hacker querem. Uma loja virtual mal instalada certamente se tornará preza fácil para os mal intencionados e tenho certeza que você não desejaria este tipo de problema.

  • Inclusão de Novas Funções – Qualquer módulo que você queira instalar em um sistema open source de loja virtual, necessita de algum tipo de alteração no programa, seja para fazê-lo funcionar corretamente ou fazer algum tipo de personalização como por exemplo no design e instalação de ferramentas como, por exemplo, o Google Analytics.

Layout e Design de uma loja virtual pronta

Embora algumas dessas plataformas de e-commerce oferecidas pelos provedores de hospedagem permitam algum nível de personalização de layout, cores e design, na grande maioria dos casos estas opções são bastante restritas. Para fazer alterações no layout da loja, ou até mesmo a instalação de novas templates, é necessário no mínimo conhecimentos da linguagem HTML e manipulação de arquivos CSS.

Atualizações dos Sistemas de lojas virtuais prontas

Sistemas de lojas virtuais estão em constante evolução e por isso, não raramente lançam atualizações. Pra instalar estas atualizações é sempre necessária a orientação de um técnico, caso contrário você pode acabar apagando ou inutilizando sua loja ou banco de dados. Os provedores de hospedagem não dão este tipo de suporte simplesmente porque essa não é a proposta do serviço oferecido. O serviço de hospedagem se restringe unicamente a hospedagem e viabilização da publicação do seu site, ou seja, o acesso dos internautas às suas páginas. O bom funcionamento de sistemas instalados, são de sua inteira responsabilidade e por isso não faz sentido algum oferecer suporte a esse tipo de coisa. Lendo atentamente o contrato você verá que não existe nenhum tipo de suporte técnico a estes sistemas.

Resumindo – A loja virtual pronta vale a pena?

Tentar fazer uma loja virtual partindo das plataformas open source oferecidas pelos provedores de hospedagem pode se bastante difícil caso você não tenha um bom conhecimento de programação e por isso, não é tão fácil quanto parece. Qualquer sistema atualmente, mesmo os mais simples como o Word Press, necessitam de algum nível de programação para seu perfeito funcionamento e por isso, a assessoria de um técnico em programação é essencial. Mais do que uma loja virtual pronta, você precisa de uma plataforma de e-commerce que satisfaça suas necessidades.

GD Star Rating
loading...
Loja Virtual Pronta ou “Crie Você Mesmo” – Isso Funciona?, 8.0 out of 10 based on 20 ratings

Artigos Relacionados:

11 Comments

  • Gostaria da sua opinião sobre a “Nuvem Shop”. Conhece?
    Se conhece, sabe me dizer se é uma boa pagar para ter uma loja dessas? Já que não sei nada de programação, e eles já dão toda a infra-estrutura de uma boa loja Virtual.
    Obrigado, e Parabéns pelo seu blog.

  • Parabéns, otimo artigo!

  • Pois é , concordo plenamente com a matéria toda!!! Tinha uma loja no UolHost (magento) e por questões no sistema de pagamento, a UolHost não aceita “Pagamento Digital”, mudei para outro provedor, mas como não sei programação, fiquei a ver navios com as mudanças necessárias para que minha loja venda efetivamente….o suporte praticamente não existe, e contratar alguém para realizar essas mudanças é quase impossível, pois os que encontrei cobram muito caro para o meu bolso… Sinceramente fiquei muito decepcionado, e estou procurando algum outro site que eu possa mudar, de preferência que eu possa importar os dados de minha antiga loja do Magento. Alguém tem uma dica?

    • Sem um profissional que entende de programação… barato, pode até achar mas o serviço não pode ficar bom e o prejuízo pode ser até maior, acho que este provedores proporcionam apenas um facilitador ao montar uma loja virtual o mais básica possível, algo alem disso, é necessário um profissional para personalizar e melhorar a loja para faze-la crescer, isso é correto porque até hoje não vi em nenhum lugar uma loja completa estilo “Americanas” ou “Submarino” toda pronta… e de Graça.

    • José, estou fazendo um projeto de nova abertura de empresa onde terá vendas online.
      Vc sabe indicar um site de loja virtual que funcione de verdade, instável, com ótimos recursos? Pode ser pago.

      Obrigado.

  • o que vcs acham do uol host???? junto com o cobre direto que no pacote mais barato te cobra 0,95 cents por transação?? Independente do valor da transação???

  • Aconselhei um cliente (com pouca verba) a entrar no Mercado Livre antes de se aventurar em alugar ou instalar uma plataforma integradora.
    Penso que ajudei. Vai aprender quase toda operação de um e-commerce principalmente a parte off-line (logística, correios, estoque…), também a importância do atendimento… com menos conhecimento e esforços em marketing on-line que um www. exige vai sentir o gostinho de vender pela internet.

    [Dito Passos]

  • Mesmo usando plataformas de opem source é bom pensar no design e alguns componentes que podem ser inseridos ; para obter resultados de SEO e navegação. Por exemplo o uso de nuvens de tags e URLS amigáveis,; que só podem ser alterados por profissionais que entende de programação.

  • Realmente algumas pessoas se enganam quando pensam que vão contratar uma loja pronta e o dinheiro vai aparecer. Tentar montar um e-commerce sem a menor noção do que está fazendo é inútil. O melhor é utilizar as ferramentas open source em conjunto com o know-how de profissionais de design e programação, tornar sua loja única e atrativa para o consumidor. Se não houver uma união destes elementos, montar uma loja virtual pode ser tão complicado quanto pilotar um avião sem ter conhecimento.

    • boa…

  • E nem é somente a questão do sistema. Antes de abrir uma loja virtual, como qualquer negócio, deve existir planejamento. Depois, profissionais treinados para atender e administrar o sistema. Uma loja virtual sem tráfego não resolve nada, por isso há necessidade de marketing online. Fora a manutenção do sistema e suporte técnico. Tudo isso vem junto quando se cria uma loja virtual.

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>