Omnichannel – A grande sacada do varejo digital

OmnichannelO e-commerce brasileiro é considerado um dos mercados mais promissores dos últimos tempos, que girou cerca de 22 bilhões só em 2012. Com crescimento significante, as redes varejistas procuram se adaptar as exigências do mercado e interagir de maneira inovadora com o consumidor. Para isso, é preciso derrubar algumas barreiras e buscar inúmeros avanços tecnológicos.

Segundo André Ghion, CEO do Brandsclub, maior e-commerce fashion do país, a internet é o maior influenciador na hora da compra. “Por mais que a pessoa acabe adquirindo o produto em uma loja física, certamente o consumidor fez uma pesquisa na internet, comparou preços e já sabe exatamente o que vai encontrar”, explica.

Mesmo assim, este panorama não substitui a loja física da virtual ou vice-versa. Pelo contrário, é possível uma convivência equilibrada entre ambas. Mas, o que se pode afirmar é que adquirir roupas pela internet já não é mais um tabu.

Brandsclub aposta pesado no Omnichannel

Na visão de Ghion, a mudança de hábito se deu a partir dos avanços tecnológicos e com eles a criação de canais diversificados, que sejam capazes de atender os desejos e necessidades de cada consumidor. Sua experiência está ligada ao Brandsclub que, próximo de completar quatro anos de atuação, já incorporou o omnichannel, ou seja, o varejo que explora a multicanalidade e permite uma melhor experiência de compra.

A empresa trabalha em três nichos distintos e complementares. O primeiro se refere a sua principal vitrine Brandsclub, que concede poder ao consumidor, dando acesso a produtos e preços diferenciados, além de levar marcas famosas a todo território nacional.

A outra plataforma é o Brandshop, uma gestão de comércio eletrônico de grifes, como Iódice, Bunnys, Thelure, Mandi e Canal. Neste caso, a empresa é responsável por montar o site da marca, colocar os produtos, instalar e monitorar o sistema antifraude, cuidar do marketing, da gestão do pedido e da entrega. A promessa é que até o final do primeiro semestre de 2013, cerca de 50 marcas estejam nessa vitrine.

Por último há o Outlet, com ofertas de itens de modelos ou coleções anteriores, que aparecem com até 90% de desconto.

“Nesta experiência que criamos, cliente e empresa estão cada vez mais interconectados por diferentes canais, porém a comunicação e os processos de vendas são fragmentados e cada consumidor é tratado de maneira exclusiva. Ele precisa saber apenas que o processo de compras agora se tornou personalizado e existe uma plataforma que se adapte a cada momento de consumo”, salienta Ghion.

Para ele, a estratégia omni channel é importantíssima para ganhar espaço no mercado e é um dos grandes diferenciais do Brandsclub, que tem um ticket médio de R$ 250 e espera crescer acima da média nos próximos quatro anos.

Fonte: Portal E-commerce Brasil

Avalie este artigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA