PagCom chega para revolucionar o mercado de meios de pagamentos móveis e planeja chegar a 3 milhões de usuários em 2013

PagCom chega para revolucionar o mercado de meios de pagamentos móveis e planeja chegar a 3 milhões de usuários em 2013De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), 75% dos brasileiros possuem algum tipo de cartão de pagamento. Ainda segundo a instituição, as transações com cartões de crédito e de débito tiveram um aumento de 16,8% em 2011.

Impulsionados pelo avanço dos meios eletrônicos de pagamento e o crescimento da utilização de cartões por profissionais móveis e liberais como taxistas, feirantes, prestadores de serviços, consultoras de beleza, entre outros, que Caio Davidoff, Gabriel Abdalla e Thomas Farah criaram a PagCom, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções para pagamentos móveis e serviços agregados com foco no aumento da promoção e facilidade do recebimento do pagamento em campo.

Pensando em atender esses profissionais que não contam com um local fixo de trabalho, foi criado o I-SW e I-SX, aparelhos que transformam o smartphone ou tablet em uma máquina leitora de cartões de crédito e débito.

Em conformidade com todas as normas brasileiras de segurança e atento às regras de certificação EMV, PCI DSS, os produtos da PagCom estão prontos para aceitar as quatro maiores bandeiras de cartões do mundo, Visa, MasterCard®, American Express® e Diners Club International entre outras Private Label, como o Peela.

“Queremos capacitar o profissional móvel – taxistas, consultoras, autônomos em geral – a melhorar seu dia a dia alcançando bons resultados de venda e seguindo  todas as medidas de proteção de dados, resguardando as informações dos portadores de cartão, além do crescimento contínuo do profissional tendo como base os quesitos segurança, agilidade, praticidade e inteligência”, diz Caio Davidoff, CEO da PagCom.

Para solicitar o produto, o profissional deve entrar no site da PagCom e preencher o cadastro. Após esse procedimento, a pessoa irá pagar uma taxa de filiação de R$ 9,90 e então irá receber o produto em casa de acordo com o pedido realizado. Além disso, a linha I-Jack é separada em duas I-Black e I-Color, que é caracterizada pela cor do aparelho, podendo ser preto ou colorido.

Para começar a utilizar o aparelho, é preciso baixar o aplicativo da PagCom, disponível para dispositivos com Android e iOS, fazer o login com nome e senha, digitar o valor da venda e passar o cartão no leitor acoplado ao aparelho para captura dos dados do cartão. O cliente deve digitar o código de segurança e o CPF para concluir o pagamento, então será enviado um comprovante da transação por SMS ou e-mail. É possível também imprimir o comprovante de venda com a impressora de bolso da PagCom.

Durante todo o período de uso, o aparelho pertence ao cliente PagCom que tem a opção de utilização gratuita sem leitor ou paga com mensalidades de até R$ 16,90 por mês. As taxas de uso também sofrem uma variação de 3,75% a 7%, podendo ser negociadas de acordo com o faturamento da empresa ou prestador de serviços.

A expectativa é alcançar três milhões de usuários até o final de 2013, para isso a empresa vem investindo em parcerias com associações, cooperativas de Táxi, marcas que contam com consultores para vender produtos porta a porta, distribuidoras de gás para residências, entre outras.

“O mercado brasileiro está carente de uma boa solução de pagamento móvel segura, uma vez que a necessidade de mobilidade e agilidade é crescente em um mundo de mais de 250 milhões de usuários de smartphones e tablets. Nosso maior desafio é superar a expectativa dos nossos clientes e contribuir para o crescimento do profissional móvel e da economia no país”, finaliza Davidoff.

PagCom chega para revolucionar mercado de meios de pagamentos móveis
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here