Cuidados com golpes digitais nas época de Natal

Previna-se contra os golpes de Natal na InternetChegou a época do ano em que as pessoas ficam mais sensíveis e suscetíveis a ataques virtuais e por isso, nunca é demais alertar sobre os golpes de Natal na Internet. A McAfee anuncia os 12 golpes natalinos, via ataques online, mais perigosos nesta época do ano. A empresa recomenda que os consumidores tenham cuidado com os golpes mais comuns relacionados a viagens de férias e às compras de Natal.

De acordo com Dave Marcus, diretor de pesquisas e segurança do McAfee Labs, essas ameaças continuam a ser um grande negócio para os cibercriminosos. “Neste período, em que as pessoas ficam on-line para procurar ofertas de presentes e viagens, é importante identificar os golpes comuns para se proteger contra roubos de senhas e dados pessoais”, informa.

Os golpes mais comuns nesta época de Natal

Entre os ataques, a McAfee identificou as 12 principais formas de ameaças neste ano: falsa oferta de iPad gratuito, mensagem falsa de perigo, vale-presente falso, falsa oferta de emprego, ataque via sms, aluguel falso para temporada de férias, ataque via spam com supostos empréstimos e cartão de crédito, cartões virtuais falsos, produtos a preços baixos, falsos pedidos de doação, download perigoso e invasão da rede para roubo de dados.

Com os produtos da Apple encabeçando a maioria das listas de compras, os golpistas distribuem falsas ofertas de iPads gratuitos. O McAfee Labs descobriu que, por meio de um spam, é solicitado ao internauta que adquira outros produtos e forneça seu número de cartão de crédito para ganhar o iPad. Nesse caso, a vítima nunca receberá o produto ou qualquer outro item, apenas terá o número de cartão de crédito roubado. Na versão do golpe para mídias sociais, os usuários respondem a um questionário para ganhar um iPad e devem fornecer seu número de telefone celular para receber os resultados. Na realidade, eles estão se inscrevendo em um golpe de telefone celular com o custo de 10 dólares por semana.

No golpe Socorro! Eu fui roubado, o consumidor recebe uma mensagem falsa de perigo referente a familiar ou amigo, na qual se solicita transferência de dinheiro. O McAfee Labs notou um aumento desse golpe e prevê crescimento durante o período de férias.

Oportunistas virtuais utilizam as mídias sociais para promover ofertas falsas de vale-presente, com o objetivo de roubar dinheiro dos consumidores e também informações, que são vendidas a comerciantes ou usadas para roubo de identidade. Um golpe recente no Facebook oferecia um vale-presente gratuito da loja Best Buy, no valor de mil dólares, para as primeiras 20 mil pessoas que se inscrevessem em uma página de fãs da Best Buy, que, na verdade, era uma página falsa. Para solicitar o vale-presente, elas tiveram de fornecer informações pessoais e preencher uma série de questionários.

Como as pessoas querem ganhar um dinheiro extra para comprar presentes nesta época, golpes no Twitter oferecem links perigosos para trabalhos bem remunerados realizados em casa, na verdade, falsas ofertas de emprego. Ao candidato à vaga são solicitadas informações pessoais, como e-mail, endereço residencial e número do documento de identidade.

Os oportunistas virtuais desenvolveram recentemente ataques via sms – smishing, ou seja, mensagens de textos com phishing. Essas mensagens, que aparentam ser de instituições financeiras ou lojas, dizem que há algo errado com a conta e que o cliente deve ligar para um determinado número para verificar as informações. Na realidade, esses esforços são mero artifício para extrair informações pessoais de seus alvos. Esses criminosos sabem que as pessoas são mais vulneráveis a este golpe durante o Natal, quando os consumidores estão fazendo mais compras on-line e verificando o saldo bancário com frequência.

No final do ano, os consumidores utilizam a Internet com frequência para procurar viagens de férias, e os oportunistas virtuais elaboram sites falsos de aluguel de imóveis, que pedem um valor adiantado, que pode ser pago por cartão de crédito ou transferência bancária.

Os golpistas têm também como alvo consumidores vulneráveis aos golpes relacionados à recessão, como esquemas de crédito com pagamento antecipado. O McAfee Labs notou um número significativo de falsos spams de empréstimos e cartões de crédito com juros baixos pré-aprovados. Nesse caso, o destinatário precisa pagar uma taxa, que vai direto para o bolso do golpista.

Outra forma de ataque são os falsos e-cards. Aproveitando-se de uma maneira conveniente e ecologicamente correta de enviar cartões para amigos e familiares, os cibercriminosos carregam versões falsas com links para vírus de computador e outros tipos de malware. Segundo o McAfee Labs, os computadores podem iniciar a exibição de imagens obscenas, anúncios pop-up, ou até mesmo iniciar o envio de cartões que parecem ter vindo de você.

Produtos oferecidos a preços inferiores ao do mercado também podem ser armadilha. Os consumidores devem ser cautelosos com produtos oferecidos a valores baixos em relação à concorrência. Os cibergolpistas utilizam sites de leilão e páginas falsas para oferecer negócios, com o objetivo de roubar dinheiro e informações.

O Natal sempre foi um grande momento para golpes de caridade, já que é uma data tradicional para doações, e o McAfee Labs prevê que este ano não será exceção. As formas de ataques incluem telefonemas e spams pedindo doações para instituições de caridade e fundos de ajuda para a catástrofe que tenha acontecido mais recentemente.

Downloads perigosos de Natal, protetores de tela, jingles e animações com temas natalinos são uma maneira fácil para os golpistas espalharem vírus e outras ameaças de computador, especialmente quando os links vêm de um e-mail ou mensagem instantânea que parece ser de um amigo.

Durante as férias, muitas pessoas viajam e usam wi-fi gratuito em locais como hotéis e aeroportos. Para os hackers, este é um momento tentador para a invasão da rede para roubo de dados.

A McAfee orienta os usuários com cinco importantes dicas para proteger seus computadores:

1. Acesse sites confiáveis e bem estabelecidos, que incluam selos de confiança de proteção, comentários de usuários e suporte ao cliente. Um provedor respeitável terá um link de verificação do provedor que atesta a sua segurança.

2. Não responda às ofertas que chegam via spam, texto ou mensagem instantânea.

3. Visualize o endereço da web de um link antes de clicar nele, para se certificar de que está indo para um site confiável. Nunca faça download nem clique em nada de origem desconhecida.

4. Fique longe de ofertas com preços muito inferiores ao restante do mercado. Não acredite no que for bom demais para ser verdade.

5. Certifique-se de usar redes wi-fi confiáveis. Não verifique contas bancárias nem faça compras online , se não tiver certeza de que a rede é segura.

Época de final de ano é sempre bom ficas alerta a esses golpes de Natal.

Fonte: B2B Magazine

Previna-se dos golpes de Natal
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here