Procon SP divulga lista com 200 sites de compras irregulares

Procon SP divulga lista com 200 sites de compras irregulares O Procon-SP divulgou, nesta quarta-feira (28), uma lista com 200 sites de comércio eletrônico não recomendados para compras. A lista traz os nomes dos sites, endereço eletrônico, razão social e o número do CNPJ/CPF, além da condição “no ar” ou “fora do ar”. A relação pode ser conferida no endereço www.procon.sp.gov.br/pdf/acs_sitenaorecomendados.pdf.

Segundo o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes, esses fornecedores não possuem registros nos bancos de dados de órgãos como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR (responsável pelo registro de domínios no Brasil). Isso inviabiliza a solução de problemas.

Segundo o Procon, os endereços já foram denunciados ao Departamento de Polícia e Proteção a Pessoa (DPPC) e ao Comitê Gestor da Internet (CGI). Porém é importante que os consumidores tenham consciência dos endereços a fim de evitar prejuízos.

Compras pela Internet exigem cuidado

O Procon disponibilizou também um Guia de Comércio Eletrônico, que explica as principais modalidades de transações eletrônicas (compras coletivas, site varejistas, crowdfunding etc.) e dá dicas sobre o uso.

Em caso de dúvidas, o Procon oferece também um serviço de atendimento pelo número 151 (apenas São Paulo).

Para compras online mal sucedidas, as reclamações podem ser feitas no site do Procon. Outra opção é consultar o site Reclame Aqui que agrega reclamações sobre diversos sites de e-commerce no Brasil.

Fonte: Valor Econômico

Procon SP divulga lista com 200 sites de compras irregulares
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here