Tendências do Comércio Eletrônico Para 2010

Fim de ano e todo mundo começa a pensar: o que será que vem pela frente. Em termos de informática e tecnologia digital e e-commerce isso é uma pergunta bem difícil de ser respondida. Mas vamos dar uma olhada no que aconteceu recentemente e o que as novas tendências do comércio eletrônico parecem apontar. Dá para traçar um bom cenário para orientar nossas ações.

Em 2010 ao que parece as coisas serão bem mais rápidas, tipo um rolo compressor e por isso é necessário estar preparado para as mudanças. Como 2009 começou com o fantasma da recessão que acabou não sendo tão grande assim, 2010 já começa com um grande número de idéias e projetos que estavam em stand by na área do comércio eletrônico.

Expansão das Plataformas Open Source

Não é de hoje que as plataformas open source ocupam uma boa colocação no universo do comércio eletrônico e ao que parece a tendência é aumentarem essa participação. a plataforma Magento ocupou um bom espaço no mercado em 2009 roubando alguns adeptos de soluções mais antigas. A comunidade da osCommerce parece não ter gostado do ataque e promete revidar com a osCommerce Online Merchant v3.0 versão Alpha 5 com lançamento previsto para 2010. É esperar para ver.

Expansão das Ferramentas e Canais de E-Commerce

As vendas pela Internet utilizando-se ferramentas outras que não os tradicionais sistemas de lojas virtuais devem sofrer um bom incremento em 2010. Blogs e pequenos sites ocuparão cada vez mais espaço no e-commerce graças a novos applets e widgets que facilitam as vendas online. Além disso, formas de pagamento terceirizadas como PagSeguro e Pagamento Digital prometem facilitar ainda mais a integração destes sites com as formas de pagamento on-line como cartões de crédito e transferências eletrônicas.

Especialização Cada Vez Maior de Pessoal

O tempo de uma loja virtual ser administrada pelo "garoto que mexe com Internet" definitivamente acabou. Em 2009 a procura por profissionais especializados já superou a oferta do mercado e em 2010 esta tendência deve ficar ainda mais evidente. O e-commerce está cada vez mais profissional e não há mais espaço para amadorismo. A procura por cursos sobre comércio eletrônico está cada vez maior e são estes profissionais que irão fazer o diferencial em 2010. Desde a montagem  e administração de lojas virtuais até o marketing digital a formação específica será fundamental.

Consumidores Cada Vez Mais Exigentes

O consumidor aprovou o comércio eletrônico e por isso vai cobrar ainda mais das lojas virtuais. O fator preço será cada vez mais importante na hora da decisão de compra e os comparadores de preços deverão desempenhar um papel cada vez mais importante inclusive se estabelecendo no ambiente da Internet móvel como ferramentas do dia-a-dia.

Os Avanços da Tecnologia de Recomendações

Durante a última década a indústria de varejo online tem visto grandes avanços no uso das tecnologias de recomendações. A Amazon tem liderado o mercado até então, com sua sofisticada mistura de recomendações personalizadas, sociais e de produto. Muitas das recomendações de varejo em uso hoje contam com os dados implícitos do usuário. Esses sistemas tipicamente rastreiam os dados do usuário, que é então analisado normalmente com uma série de algoritmos proprietários. O resultado final: recomendação para usuários.

 

Mídias Sociais Levam o Varejo Para Blogs e Redes Sociais

Como acontece com quase toda indústria, sites de compras têm utilizado cada vez mais as mídias sociais para promover seus produtos. De acordo com um estudo recente feito pela Shop.org, 47,1% dos varejistas pesquisados irão aumentar o uso das mídias sociais neste ano. Especificamente, mais da metade dos varejistas se inscreveram ou melhoraram suas páginas do Facebook (60,3%) e do Twitter (58,7%). Quase dois terços (65,6%) criaram ou melhoraram seus blogs e feeds RSS no mesmo período. Um resultado disso foi um grande aumento em recomendações sociais implícitas de dados através de redes sociais e blogs.

Vendas Distribuídas Por Programas de Afiliados

Outra tendência relacionada aos sites de e-commerce que devem ganhar um novo impulso em 2010 são as vendas distribuídas através de programas de afiliados. Hoje em dia qualquer um pode inserir uma loja da Amazon ou ter seu próprio Shopping UOL ou Buscapé em sua rede social ou blog. Isto não vai substituir o destino final do e-commerce, mas irá aumentar as vendas consideravelmente nos blogs e redes sociais. Ter uma loja associada a um site de conteúdo passará a ser um padrão na Internet do mundo inteiro. No Brasil esta tendência já vem forte e tende a ficar ainda mais em 2010.

M-Commerce – A Vez dos Celulares e Portáteis

O comércio mobile – m-commerce – chega devagar, mas chega? O crescimento do mercado de celulares tem sido uma grande tendência desta década. No entanto o comércio móvel no mercado americano tem lutado pelo seu momento. No Brasil a coisa não é nada diferente, mas com a agravante das altas tarifas cobradas e a precariedade dos serviços, principalmente no que diz respeito ao atendimento ao cliente. Segundo os dados da eMarketer, mais de 70 milhões de usuários de celulares irão acessar a internet a partir de seus aparelhos este ano. Apesar disso, o mercado m-commerce continua imaturo. Numa pesquisa feita pelo RIS News em Abril de 2009, privacidade e segurança são preocupações que ainda estão na mente dos varejistas e consumidores.

Há promessas de que o comércio mobile vai finalmente ganhar força na próxima década. A empresa de pagamentos mobile Billing Revolution constatou que consumidores ativos estão felizes por comprar pequenos produtos, por exemplo pizza e ingressos de cinema. talvez seja este o espaço a ser ocupado pelo M-Commerce.

O cenário parece bem favorável para o comércio eletrônico em 2010, mas todo cuidado é pouco porque as regras estão cada vez mais rígidas e os consumidores cada vez mais exigentes. Não dá para encarar o e-commerce apenas como uma curiosidade comercial e sim como a mais moderna ferramenta de geração de negócios no varejo.

Publicado originalmente no Blog do Curso de E-Commerce

Cadastre seu e-mail em nosso Boletim Informativo ou assinar nosso Feed Completo

 

 

 

Tendências do E-Commerce Para 2010
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here