Os top 4 influenciadores das conversões online

Os top 4 influenciadores das conversões onlineEstruturar corretamente as landing pages e a divulgação das ofertas, construir uma marca forte e entender os acessos dos usuários são as chaves para resultados excelentes.

Mídias sociais, blogs e técnicas de SEO são exemplos de alguns assuntos bastante comentados no mercado de marketing digital. Acreditamos muito nessas ações e falamos delas por diversas vezes em nosso blog de marketing digital.

Entretanto, muitos marqueteiros se esquecem de olhar com a mesma atenção para aquilo que realmente faz o dono da empresa contente: as conversões, os resultados reais de negócio.

Não é só porque as mídias sociais e blogs são investimentos de longo prazo que sua empresa deve esquecer os resultados atuais. É preciso estar o tempo inteiro pensando em como converter visitantes em clientes.

Nesse artigo passamos pelos quatro itens que influenciam a possibilidade dos visitantes do seu site realizarem (ou não) algum tipo de conversão.

A oferta

A oferta (produto ou serviço a ser vendido) é certamente o mais óbvio dos influenciadores. Para o caso do e-commerce, a oferta pode ser mais atrativa ou não: depende do preço, da sazonalidade ou da necessidade de experimentar o produto ou conferir melhor em uma loja física antes de comprar.

Já no caso de B2B e vendas mais complexas – que costumam também ser mais caras – é rara e mais difícil a compra direta. Podem ser consideradas conversões, o agendamento de uma reunião ou o pedido de orçamento.

Para esse público também funcionam melhor as estratégias de conversão indireta: ofertas gratuitas como e-books e whitepapers em troca de informações do visitante, como seu nome, e-mail, empresa e cargo.

Com essas informações em mãos fica mais fácil trabalhar o contato, fomentar o relacionamento online e ganhar confiança para que a venda seja fechada posteriormente.

A landing page

Mais um item costumeiramente ignorado, mas de extrema importância é o uso de boas landing pages. A página em que o usuário realiza a conversão (página do produto em e-commerce ou página com o formulário de download, de contato ou de pedido de orçamento para outros negócios) faz uma diferença muito grande nos resultados.

É importante fornecer informações completas sobre a oferta, seus benefícios e características e ainda mostrar indicadores de credibilidade (depoimentos, lista de clientes, política de troca, de privacidade, selo de órgãos certificadores de qualidade e de segurança na transação).

A usabilidade é mais um fator importante. Leve em conta o tempo de carregamento do site. Avalie os textos, tamanho e posição dos vários elementos da página. Na página da conversão também costuma ser interessante não oferecer links para outras páginas, para não dispersar o visitante.

Um último ponto é que, em casos de AdWords ou outros anúncios, a landing page deve estar extremamente de acordo com o anunciado. Coisas simples como usar a mesma palavra chave no anúncio e na landing page aumentam consideravelmente a conversão.

A origem e motivo da visita

A forma como o usuário chegou ao site também pode alterar a chance de conversão. Uma indicação de amigos é diferente de uma visita pelo Google Adwords. Uma ação offline também pode atrair um público mais direcionado para determinada ação.

Além disso, há diferentes motivações para visitar seu site. Há pessoas que estão ali para buscar informações, há concorrentes espiando sua empresa e diversos outros usuários que não vão comprar independentemente da qualidade da oferta e da landing page.

Apesar de influenciar a conversão, esse item costuma fugir do controle da empresa. Por isso não se preocupe com o fato de a taxa de conversão estar longe dos 100%, isso é extremamente natural.

O reconhecimento da marca e seu histórico com o visitante

Marcas conhecidas costumam ter mais credibilidade e isso melhora os resultados, principalmente se as experiências do cliente em contatos anteriores com a empresa foram positivas.

Se você não gerencia uma grande marca, a produção de conteúdo relevante sobre a área (e aí entram as mídias sociais, o blog, os vídeos, etc.), certamente pode se tornar uma forma eficiente de ganhar confiança e reconhecimento.

Por que é importante entender isso?

A grande vantagem de conhecer esses influenciadores da conversão é: com exceção do item 3, há muitas coisas que sua empresa pode fazer para se ajustar ao mercado e impactar diretamente nos resultados de negócio.

Fazer análises das ofertas, landing pages e posição de mercado da empresa deve ser um exercício constante e esse é o primeiro passo para começar a otimizar suas conversões online.

Por André Siqueira

Os top 4 influenciadores das conversões online
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here