A Wine.Com.Br dobrou a receita no segundo trimestre deste ano

Wine dobra receita no segundo trimestreA Wine.Com.Br a maior loja virtual de vinhos do Brasil e terceira no mundo, que conta com mais de 70 mil clientes ativos em todo o país, apresentou um crescimento relevante no segundo trimestre de 2013. No período a receita da empresa cresceu 100% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, enquanto o número total de visitas pulou de 361.311 para 1.644.558.

No momento a Wine recebe mais de 55 mil pedidos por mês, entregando cerca de 300 mil garrafas mensalmente e mantém um clube – chamado ClubeW – de 30 mil assinantes. De acordo com o diretor executivo da e-varejista, Anselmo Endlich, o bom momento se deve a uma conjunção de elementos, incluindo os fortes investimentos na contratação e qualificação da equipe de colaboradores: “Felizmente, nesse segundo trimestre só tivemos fatores positivos. Internamente, além da contratação de novos funcionários, que passaram de 106 para 277, fizemos constantes qualificações com cursos, palestras sobre vários temas, como marketing, logística e gestão de tempo”, explica o diretor.

No que se refere a fatores externos, Endlich salienta que a boa fase que o e-commerce atravessa no Brasil. “O e-commerce brasileiro está crescendo bastante e as pessoas estão confiando cada vez mais nas transações online. Isso, com certeza, ajudou bastante o nosso crescimento e desempenho até agora”. A Wine é um case em termos de e-commerce, pois a empresa construiu um verdadeiro Oceano Azul no e-commerce se diferenciando das outras empresas do setor e criando um relacionamento direto com seus clientes.

O marketing da Wine

Com relação às estratégias mercadológicas empregadas pela companhia, Anselmo Endlich explicou que a empresa trabalha a comunicação de forma integrada: “Temos uma comunicação predominantemente online, mas buscamos atingir o público com os canais em que eles utilizam, por isso também usamos o meio impresso”, completa o diretor da Wine.

Segundo ele, a empresa trabalha com o envio de até três campanhas de e-mail marketing por semana, sempre de forma segmentada: “Se o cliente só compra vinho branco, por exemplo, ele recebe newsletters indicando vinho branco”, afirmou o executivo.

A empresa também mantém uma publicação mensal a seus clientes, a revista Wine.com.br, que traz conteúdos relacionados ao universo do vinho. Os assuntos são os mais diversos possíveis: “Desde temas como escolher a melhor taça, curiosidades sobre vinhos e acessórios, dicas de harmonização do Sommelier Wine, apresentação de vinícolas e tem uma área onde são respondidas as perguntas dos leitores. Desta forma, nos mantemos sempre perto de nossos clientes também fisicamente”, acrescenta Endlich.

No segundo trimestre deste ano a Wine também lançou sua primeira grande campanha publicitária, envolvendo a pergunta “O que faz a sua vida valer a pena?”. A ação contou um vídeo de três minutos, veiculado no intervalo de O Fantástico e outros horários nobres da programação televisiva, como o intervalo da novela das 21h.

Segundo Endlich, “O nosso objetivo foi mostrar que #ValeaPena refletir sobre o ritmo de vida e enxergar como viver pode ser mais prazeroso e muito mais divertido. Somos movidos pelo ideal de viver e celebrar através do consumo consciente do vinho. E acreditamos que o amor e a emoção podem transformar um brinde, um instante e uma história”.

A regulamentação do e-commerce brasileiro

Endlich também revela que o Decreto Federal 7.962/13, que estabelece novas regras para o e-commerce no país, não trouxe grandes implicações à Wine porque a empresa sempre prezou pelo bom atendimento: “Nosso principal objetivo é levar uma nova experiência aos clientes e temos certeza que se houver alguma falha durante o processo, vamos frustrá-los e o nosso objetivo não será alcançado. Então, as informações a respeito do produto e do serviço são claras; o atendimento ao consumidor é facilitado tanto por chat por meio do próprio site, e-mail ou telefone, e, na Wine.com.br, o cliente sempre teve até sete dias úteis para trocar o produto que adquiriu”, afirmou o executivo.

Para manter o crescimento acelerado dos últimos meses, a Wine prepara uma série de novidades para virem a público em um futuro próximo. Recentemente a empresa adquiriu o Have a Nice Beer, que operam de forma semelhante ao Wine, mas em mercados diferentes, como cervejas, e também irá lançar a Wine2B, braço da Wine voltado para a comercialização de vinhos especialmente com restaurantes: “Estamos operando nesta fase com cerca de 300 restaurantes; será um site diferente, um serviço à parte. A meta é de dez mil restaurantes nos próximos dois anos”, conclui.

Avalie este artigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA