E-commerce vertical: o passo a passo para evolução

E-commerce vertical: o passo a passo para evolução

E-commerce vertical: o passo a passo para evoluçãoAlcançamos a impressionante marca de 1,3 aparelhos celulares por habitante. Sim, em um país que o censo populacional passa da casa dos 190 milhões, o último indicador da Telecom, referente ao mês de outubro de 2012, apontou que 259,3 milhões de aparelhos estão conectados à rede.

A grande verdade é a seguinte: seja smartphone ou um simples celular, o brasileiro gosta de falar, enviar mensagem, navegar na internet, jogar e se distrair, tudo isso a partir desse aparelho que anda ao nosso lado todos os dias.

Tudo isso é para retratar um ponto importante para atuar no e-commerce: não basta simplesmente ter uma ideia, é preciso encontrar um nicho, é necessário ser impactante, e mais ainda, é necessário ter os parceiros certos ao lado e levar diferenciais ao consumidor.

Ou seja, não existe fórmula mágica para trabalhar no e-commerce, existe sim um conjunto de situações e de ações que resultam em muito trabalho, para então atuar junto ao cliente e fazer uma loja virtual rentável.

Antes de criar meu e-commerce, hoje umas das referências no segmento de celulares, smartphones e tablets, carreguei mais de seis anos de experiência em dois dos maiores varejistas online do país. E essa bagagem não era simplesmente no comércio eletrônico, de todo esse tempo, mais de quatro anos foram dedicados à área de telefonia fixa e móvel.

Esses anos de experiência, somados à paixão do brasileiro por aparelhos celulares, foram os impulsionadores da criação da minha loja virtual.

Pronto! Temos um nicho, experiência, conhecimento, e uma causa comprovada de que teremos público suficiente.

Mas, o principal: como trazer o internauta para dentro? Como fazê-lo comprar?

Nesse caso entram os fornecedores. Não basta conhecer seu público e seu mercado, é necessário entender que é preciso olhar para os lados e ter parceiros. Como será feito o marketing digital? Plataforma de atendimento ao cliente? Layout customizado para as páginas? Plataforma de loja virtual inteligente? Processamento de pagamentos? Sistema antifraude? Parceiro logístico?

Várias são as dúvidas que vão além do conhecimento centrado do nicho de e-commerce. E é justamente a resposta acertada para essas dúvidas que definem a tênue linha entre o sucesso e a mortalidade de uma loja virtual.

Hoje, em meu e-commerce possuímos selo ouro do e-bit nos quesitos: facilidade ao comprar; seleção de produtos; informações sobre produtos; preços; navegação; entrega no prazo; qualidade dos produtos; qualidade do atendimento ao cliente; política de privacidade; e manuseio e envio dos produtos.

Isso é reflexo do bom portfólio de produtos e preços, layout simples e agradável e excelente experiência de compra que propiciamos aos usuários.

O grande ponto aqui é que não existe segredo. A grande fórmula, mágica ou não, de conquistar mais rapidamente o seu lugar ao sol é definir seu nicho, identificar se ele é viável, usar da sua experiência e, acima de tudo, escolher muito bem seus parceiros.

Depois disso, a etapa de conquistar o cliente fica mais natural do que se imaginava. Ele não é a causa, mas a consequência…de um projeto pautado nas boas práticas do gigante e formidável…universo virtual.

Por Guilherme Ribeiro, fundador da Webfones

E-commerce vertical: o passo a passo para evolução
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here