I Love E-commerce. A vez dos agregadores de ofertas

I Love E-commerce – Agregador de ofertas de moda na Internet

I Love E-commerce. A vez dos agregadores de ofertasO site I Love E-commerce foi uma dessas gratas surpresas que a gente tem quando pesquisa sobre negócios na Internet. Sempre digo em meus cursos, que na maioria das vezes as ideias de sucesso na Internet surgem de modelos bem simples, como é o caso desse site. A proposta do I Love E-commerce (www.iloveecommerce.com.br) é funcionar como um agregador de lojas virtuais do segmento feminino. Até ai, nada de mais, isso pode ser feito de maneira relativamente fácil através de um script que faça a varredura de ofertas em determinados sites.

O diferencial criado pelo I Love E-commerce fica por conta do trabalho de orientação e curadoria de conteúdo. A publicitária Mariana Villela Ribeiro, uma das sócias do empreendimento e aficionada pelas compras online identificou que o público feminino, principalmente aquele que só agora começa a descobrir o paraíso do e-commerce, por vezes se sentia perdido diante de tantas ofertas. “Nós sabíamos que muitas amigas não compravam pela Internet por não saber por onde começar. Elas não tinham medo em comprar, mas não conheciam sites que oferecessem uma grande variedade de produtos de qualidade”. Pronto, estava traçada a diretriz para o negócio. Com o crescimento do e-commerce de moda no Brasil, o sucesso era uma consequência.

Além de ofertas o I Love E-commerce oferece valor

Mas afinal de contas, o que o I Love E-commerce vende? Nada. O site funciona simplesmente como um agregador de lojas virtuais, ou seja, reúne em um único site ofertas de lojas previamente cadastradas que passam por um trabalho de análise e acompanhamento do site. É o que chamamos de curadoria de conteúdo. Esse é o “produto” do I Love E-commerce, a pesquisa e curadoria das ofertas apresentadas no site.

Entre as formas mais clássicas de se ganhar dinheiro na Internet, oferecer orientação sempre deu ótimos resultados e esse é o caminho trilhado pela equipe do I Love E-commerce. Ao fazer essa curadoria e selecionar as empresas, as sócias Bárbara Jalles Guimarães e Mariana Villela Ribeiro criaram uma plataforma de marketing digital que atrai a clientela funcionando como um guia de compras para o público feminino no mundo online.

Como o I Love E-commerce ganha dinheiro?

Imagino que essa pergunta já esteja na cabeça de vocês, então vamos lá. O I Love E-commerce lucra com a venda de espaço publicitário. O site é remunerado pelas empresas cadastradas através do sistema PPC – Pay Per Click, ou seja, o anunciante paga por cada vez que um usuário clica em sua oferta e é direcionado para a loja. Simples, não? O Google já vem fazendo isso há anos com o Google AdWords. Mas a equipe do I Love acrescentou um ingrediente a mais nessa história.

A inovação, no caso do I Love E-commerce está justamente nesse trabalho de seleção, orientação e acompanhamento que o site oferece e sua atuação nas redes sociais. Ao criar um ambiente mais intimista através do desenvolvimento de um relacionamento direto através das redes sociais, o I Love E-commerce empresta às lojas virtuais sua reputação transmitindo assim mais segurança às internautas e dessa forma aumentando a taxa de conversão das lojas anunciantes.

O modelo de negócio do I Love E-commerce é relativamente simples, como toda grande ideia de negócios na Internet nos últimos anos, mas o valor que foi agregado ao modelo é que faz dele um sucesso. Parabéns às empreendedoras Bárbara e Mariana pela sacada e meus votos de sucesso para o I Love E-commerce.

I Love E-commerce – Agregador de ofertas de moda na Internet
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here