Por que montar um e-commerce não é tão simples?
Por que montar um e-commerce não é tão simples?

Por que montar um e-commerce não é tão simples?

Por que montar um e-commerce não é tão simples?
Por que montar um e-commerce não é tão simples?

Muitos pensam que montar um e-commerce é muito fácil, porem não se dão conta da quantidade de tarefas envolvidas e da complexidade de cada uma delas. Vejo por ai, muitos artigos publicados na Internet contando desta “Facilidade”, e de fato criar uma loja virtual pensando apenas no “site” propriamente dito, é razoavelmente fácil e qualquer um pode fazer. O que geralmente não se pensa é na operação toda que existe por trás do que vemos na web. Posso afirmar que o site não é nem 20% do trabalho!

Criar e manter uma boa operação de e-commerce, em muitos casos pode dar muito mais trabalho do que, por exemplo, uma loja física, e provavelmente exige muito mais conhecimento específico (Mercado digital). Não que manter uma loja física seja fácil.

Além disso, também tenho visto no mercado, muito do que alguns chamam de “aventureiros do e-commerce”, que entram no mercado sem conhecimento algum, pois acham que é muito fácil e não exige muito trabalho e acabam se frustrando e perdendo dinheiro! A internet é um meio em altíssima expansão e com muitas oportunidades surgindo todos os dias, porém requer certo conhecimento do negócio.

Para provar o argumento, abaixo descrevo em linhas gerais tudo o que envolve montar e manter um e-commerce.

O comércio eletrônico é sustentado por três grandes pilares: Tecnologia, Operações e Marketing. Para obter eficiência nestes três pilares é necessário percorrer um grande caminho:

  1. Definir seus produtos, criar uma marca e um posicionamento de mercado, conhecer seu público alvo, saber quem são seus concorrentes e contar com bons fornecedores.
  2. Desenvolver um planejamento de negócio consistente e especializado levando em consideração as informações do item 1 e desmembrando-as, a ponto de saber tudo o que é necessário para a concepção deste plano, que tem como objetivo definir o negócio, como por exemplo: Margem de lucro, impostos, custos da operação, custos de marketing, fluxos operacionais, tecnologias necessárias, administrativo, logística e armazenagem, etc.)
    Esta tarefa, provavelmente é uma das mais importantes para garantir o sucesso do negócio.
  3. “Tirar o plano do papel” e implantar cada um dos fundamentais itens citados abaixo, que normalmente são desenvolvidos com fornecedores cautelosamente escolhidos, de acordo com a necessidade de seu negócio identificada no plano de negócios:

Marketing digital

É essencial ter um bom planejamento de Marketing, e este deve ser o principal investimento, mas cuidado, é muito fácil investir errado e perder muito dinheiro aqui! Os canais de comunicação devem ser cuidadosamente escolhidos e a abordagem muito bem executada.

Lembre-se que todas as ações devem ser mensuradas e o ROI (retorno sobre o investimento) deve ser cuidadosamente analisado periodicamente para assegurar que está fazendo a coisa certa. Tudo na internet pode e deve ser mensurável!

Atendimento ao cliente

Normalmente esta tarefa ficaria dentro do Marketing, porem gosto de separá-la, pois necessita uma atenção especial. As ferramentas e os profissionais de atendimento ao cliente são essenciais para reter e fidelizar os potenciais clientes e aqueles que já são clientes e também é um fator crítico de sucesso para qualquer negócio.

Tecnologia – WMS, ERP e Plataforma

São recursos tecnológicos que devem ser escolhidos corretamente para suprirem a demanda do seu negócio e realmente converter as vendas.
O WMS (wharehouse management system) é o sistema que vai auxiliar na organização do seu estoque.

O ERP é o sistema que vai gerenciar o seu negócio (Gestão de produtos, Banco de dados dos clientes e pedidos, controle de estoque, contábil e Logística e expedição).

A Plataforma é a “Linha de frente” do seu e-commerce, onde acontece quase toda a interação com os clientes.

Armazenagem e Logística

É necessário possuir um bom lugar e muito bem organizado para a armazenagem da mercadoria a ser vendida, além de necessitar uma boa capacitação de funcionários para gerir toda a operação, como exemplo o processo de picking, packing e posting. Também é preciso ter ou contratar toda a logística de entrega dos produtos. Tudo isso a fim de obter eficiência e agilidade operacional com entrega rápida para os clientes.

Administrativo e financeiro

Como qualquer empresa, é necessária uma área que faça toda a gestão administrativa e contábil, porem no e-commerce, existe algumas peculiaridades, como acompanhamento do Antifraude, processos de estornos, entre outros.

E por fim, a gestão

Consiste basicamente em assegurar que todos os processos estão ocorrendo da forma correta e mais eficiente, através de ferramentas de mensuração (para medir principalmente ROI), estabelecimento de indicadores de sucesso para identificar gargalos e estabelecer metas.

O que achou? Fácil? Isso não é nada! Se entrarmos no detalhe de cada um destes itens daria para escrever alguns livros!

Por João Parente no Blog da E-Next

Por que montar um e-commerce não é tão simples?
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here