A relação dos meios de pagamentos e as lojas virtuais

Um estudo realizado pela CyberSource Corp identificou que lojas virtuais que fornecem quatro ou mais métodos de pagamento têm uma taxa de conversão de vendas 12% maior que aquelas que oferecem apenas uma opção de pagamento. Se você está começando seu negócio em ambiente virtual, o mais recomendado são os intermediadores de pagamento como Bcash, Paypal, Mercado Pago, Moip e Pagseguro.

Além da praticidade de implementação, os intermediadores facilitam o processo de recebimento por parte dos lojistas, pois em um único acordo o e-commerce passa aceitar a maioria dos cartões de crédito, boleto e débito em conta.

Na maioria dos casos, os intermediadores de pagamentos ainda se responsabilizam pelo combate à fraude e análise de crédito dos compradores. O ponto negativo é que as taxas são bastante altas, podendo chegar até 10% do valor da venda.

Pagamentos direto com as administradoras

A relação dos meios de pagamentos e as lojas virtuais
A relação dos meios de pagamentos e as lojas virtuais
Outra alternativa é o lojista fazer seus acordos direto com as operadoras de cartões de crédito – Cielo e Redecard, e utilizar gateways de pagamento como Braspag, Adyen e maxiPago!. O gateway de pagamento facilita a transferência de informações entre a Loja Virtual e a operadora de cartão de crédito.

Nessa modalidade, o lojista paga uma mensalidade pela utilização do gateway e negocia as taxas com as operadoras de cartão. Além disso, ele precisa integrar soluções de antifraude e análise de crédito. Muitas plataformas de pagamento já possuem esses serviços agregados as suas soluções.

As opções acima não são excludentes, ao contrário, são complementares.  O sucesso do seu negócio online depende de vendas. Então, por que deliberadamente diminuir seu potencial de vendas, limitando as formas que clientes podem pagar por seus produtos?

Ferramentas antifraude trazem mais segurança

Para maximizar ainda mais as vendas, garantir uma boa experiência de compra e pagamento para o e-consumidor e ao mesmo tempo proteger o seu negócio, invista em uma boa ferramenta antifraude.

Ao contratar um gateway, não deixe de perguntar se o serviço acompanha sistema antifraude, isso vai garantir que a sua loja virtual concorra com todo o potencial do mercado.

Lembre-se, novamente o sucesso do seu negócio online depende das vendas! Ter a casa em ordem para esses recebimentos é fundamental. Invista!

Por Vinicius Pessin, CEO da e-Smart, empresa provedora de soluções para e-commerce

Avalie este artigo

1 COMENTÁRIO

  1. Das empresas citadas acima, não recomendo de jeito nenhum o Mercado Pago. Quem já vendeu no Mercado Livre sabe como o Mercado Pago desrespeita totalmente o vendedor, sem contar que o atendimento é péssimo. Veja as reclamações no site Reclame Aqui ou pesquise no google e você verá uma infinidade de reclamações sobre essa empresa.
    Utilizamos o sistema B-Cash em nossa loja virtual e tem cumprido o que promete.

DEIXE UMA RESPOSTA