Teste A/B – Como, Onde, Quando e Porquê

Ultimamente houve um grande aumento na procura de informações sobre Teste A/B. Basta participar de qualquer evento sobre o mercado de e-commerce e lá está o assunto nas rodas com os especialistas. Mas por que tanto interesse em saber mais sobre o assunto? Simples! Reflexo da evolução do e-commerce nacional. Em primeiro lugar quero esclarecer a diferença entre Teste A/B e Teste Multivariável.

O que é o Teste A/B?

O Teste A/B nada mais é do que duas (ou mais) versões de uma mesma página criadas com um elemento diferente para testar qual versão apresenta um melhor resultado. Esses testes são realizados ao mesmo tempo, ou seja, as duas versões vão ao ar simultaneamente para atingir o mesmo perfil de público em um mesmo período de tempo. Veja um exemplo na imagem abaixo:

Teste A/B
No exemplo acima, estamos testando o elemento  Cor do Botão

Teste Multivariável

Parecido com o Teste AB, o Teste Multivariável também tem o propósito de testar versões diferentes de uma mesma tela, porém, são testadas mais de uma alteração por versão criada.

Teste Multivariavel
Teste do elemento Cor do Botão, o elemento Texto e o elemento Tamanho da Fonte

Explicadas as diferenças, nos basta saber por que os profissionais especialistas em conversão defendem o uso do Teste A/B muito mais do que o Teste Multivariável.

A precisão do Teste A/B no e-commerce é o grande diferencial

É óbvio! Com o Teste A/B você sabe exatamente o que gerou a variação nos resultados e pode aprender com isso. Já com o Teste Multivariável fica impossível dizer se a variação foi causada pela cor do botão ou pela alteração do texto.

Existem sites específicos para a divulgação de resultados de Testes A/B, apesar de muito úteis, eles devem ser vistos com cuidado, pois, nem tudo que funciona para o público A vai funcionar para o público B. Além disso, o perfil do consumidor brasileiro é bastante diferente do perfil do consumidor extrangeiro. Vale dar uma olhada nos sites whichtestwon.com e abtests.com pra conhecer um pouco do que outros lojistas andam testando.

Sabendo disso, surgem algumas dúvidas comuns:

  • Como realizar um teste destes?
  • Onde posso testar? Em que parte da página?
  • Quando posso começar a testar?
  • Por que devo gastar recurso testando minha loja?

Como?

Hoje existem diversas ferramentas no mercado para realizar Teste AB. Eu recomendo a utilização do Google Analytics que ganhou recursos do extinto Google Optimizer para realizar Testes A/B, agora chamado de Google Analytics Content Experiments. Basta acessar sua conta no Analytics e procurar a aba Content > Experiments. Tem um passo a passo simples de ser seguido e você não encontrará grandes dificuldades pra rodar um teste.

Também recomendo a ferramenta Visual Website Optimizer. Esta ferramenta é paga, mas oferece recursos mais avançados para realização dos testes, inclusive com a capacidade de alterar algumas coisas na página sem a necessidade de contatar o desenvolvedor front-end. Vale a pena dar uma olhada na versão de teste da ferramenta para conhecer um pouco mais.

Qualquer teste deve ser aplicado por um período mínimo de 1 semana, pois usuários de final de semana possuem o perfil de navegação diferente dos usuários que navegam durante a semana.

Os testes devem ser aplicados no mínimo 1.000 impressões por versão criada, ou seja, se você criou duas versões de uma mesma página, não tire nenhuma conclusão enquanto o teste não for exibido pelo menos 2.000 vezes.

Onde realizar o Teste A/B?

Em qualquer lugar. Todas as páginas do seu site podem participar de Testes A/B. Os testes farão com que você entenda melhor como o usuário pensa, o que funciona e o que não funciona na internet.

Os testes podem ser aplicados em todos os elementos da página como cores de botões, textos, cores de texto, tamanho de fontes, disposição de um elemento, diagramação da página, inserção de ícones, tamanho de imagens, tipo de imagem, etc. Quanto mais você testar, maior será o conhecimento adquirido sobre o perfil do usuário.

Mesmo os testes que não resultarem em um aumento nas suas taxas de conversão ou até os que representarem uma queda significativa nos resultados podem ser usados pra melhorar todas as outras páginas e fazer sua conversão decolar.

Quando?

A grande vantagem dos Testes AB é que o usuário final não tem noção de que participou de algum teste, pois ele verá apenas uma das versões criadas e terá a certeza de que aquela é a sua página original independente de qual for apresentada. Sendo assim, não há limites de quantos testes podem ser criados e aplicados, por isso, teste o tempo todo, todo o tempo.

Por quê?

Essa é uma pergunta que eu poderia dar dezenas de justificativas, mas vou me focar nas mais importantes:

  1. Apenas com o Teste AB você vai entender quais as melhores decisões a tomar na sua loja baseado em dados mensuráveis sobre o seu público específico. Nem tudo o que funciona pro seu concorrente vai funcionar pra você.
  2. Apostar as suas fichas em um layout puramente baseado no instinto do designer é perigoso e pode dar muito prejuízo. Gosto pessoal é um perigo!
  3. Não adianta investir toda a sua verba em trazer tráfego para a sua loja se ela não estiver preparada para receber seus visitantes e convertê-los em compradores. Somente com a aplicação destes testes você saberá o que deve ser feito DENTRO da sua loja para aumentar a sua taxa de conversão e tirar muito mais proveito da verba investida em anúncios aumentando seu lucro, ROI, faturamento, etc.

E você? Tem alguma experiência com o Teste A/B no e-commerce. Compartilhe conosco enviando seu comentário.

Avalie este artigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA