Maioria dos lojistas seguem sem sites móveis

A grande maioria das lojas virtuais ainda não possuem versões mobileApesar dos telefones móveis e tablets se tornarem cada vez mais populares no mundo, uma maioria de 70% das empresas do setor de e-commerce de diversos países ainda não desenvolveu um projeto de design específico para atender a esta demanda, segundo um estudo lançado em outubro de 2011 pela Econsultancy em associação com a RedEye. Dados do trabalho intitulado “Conversion Rate Optimization Report 2011″ indicam que 25% das empresas já desenvolveram layouts específicos para telefones móveis, enquanto apenas 13% relatam o mesmo para tablets. No entanto, os entrevistados do lado da oferta se mostraram um pouco mais preparados neste quesito, com uma parcela de 33% das agências / consultorias afirmando que seus clientes (empresas/lojistas) solicitaram a criação de um projeto de design específico para os dispositivos móveis.

O estudo também mostra que a proporção de empresas que realiza testes de usabilidade em sites projetados para telefones móveis e tablets é similar: 71% das agências e 68% dos clientes entrevistados afirmam que não o fizeram. Além disso, 84% das agências não desenvolveram peças de e-mail de marketing em versões específicas para telefones móveis ou tablets, enquanto 75% dos lojistas afirmam o mesmo. Entretanto, 80% das organizações não realizam testes de usabilidade em peças de e-mails promocionais projetadas para estes dispositivos.

Plataformas e usuários

Mais da metade (62%) dos adultos que fazem uso de dispositivos móveis com idades entre 25-34 anos possuem um smartphone, o que representa um aumento de 51% em relação aos 41% que já possuíam tal aparelho no terceiro trimestre de 2010, segundo uma pesquisa realizada pela Nielsen e divulgada em novembro de 2011. Entre as faixas etárias de 18-24 e 35-44 anos, a taxa de penetração dos smartphones é de aproximadamente 54%, representando um acréscimo de 35% em comparação com o terceiro trimestre do ano anterior, com a faixa etária de 55-64 anos apresentando o segundo maior crescimento durante o período. De acordo com a Nielsen, a penetração do uso de smartphones neste grupo com idades mais avançadas é de 30%.

Outra pesquisa divulgada em outubro pela MEF (Mobile Entertainment Fórum), e intitulada como “Global Consumer Survey (GCS)”, mostra que 79% dos consumidores brasileiros fazem uso de seu dispositivo móvel para realizar pesquisas ou compras pelo e-commerce, o que mostra que as empresas brasileiras devem estar preparadas para atender a esta nova demanda.

Lojas virtuais ainda sem mobile
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here